APRESENTAÇÃO

A Licenciatura em História da Arte visa o desenvolvimento de estudos em torno dos objetos artísticos e do discurso que sobre eles se tem vindo a construir desde a fundação desta área científica.

Abrangendo as várias épocas históricas, da Antiguidade à Época Contemporânea, e tanto a arte portuguesa como a internacional, as suas unidades curriculares englobam ainda matérias de ordem teórica como a Teoria e Metodologia da História da Arte ou a Estética e Teorias da Arte, e temas transversais, do ponto de vista cronológico, como a Iconografia e a Introdução à Museologia.

Pretende-se, assim, proporcionar uma formação abrangente, de capacitação de um discurso crítico e apoiada num conhecimento da própria identidade da disciplina.

 

OBJETIVOS

______

 

  1. Adquirir uma visão crítica do passado humano, bem como a compreensão de que aquele condiciona o presente e o futuro, assim como a perceção de ambos.
  2. Compreender pontos de vista resultantes de diferentes antecedentes históricos, em distintos contextos culturais e geográficos.
  3. Ser consciente de como os interesses, as categorias e os problemas históricos se alteram com o tempo e  de como o debate historiográfico está ligado aos interesses económicos, sociais, políticos e culturais de cada época.
  4. Conhecer os diferentes períodos da História de Portugal.
  5. Possuir um conhecimento geral sobre os métodos, as técnicas e temas relativos ao estudo dos grandes períodos em que normalmente se divide a História, desde a Pré-História até aos tempos atuais.
  6. Saber integrar a História de Portugal numa perspetiva comparada com outras áreas espácio-culturais.
  7. Saber identificar, selecionar e recolher, de acordo com as regras da disciplina, fontes e elementos diversificados de informação (bibliografia, documentos, testemunhos orais, iconográficos e outros) e utilizá-los com sentido crítico.
  8. Ser capaz de aplicar os conhecimentos e a capacidade de compreensão adquiridos na abordagem de um tema histórico ou na compreensão de questões do mundo atual.
  9. Ter capacidade para apresentar escrita e oralmente conhecimentos adquiridos, utilizando a terminologia própria da História e revelando capacidade argumentativa.
Informação útil
Média de Entrada
12,25
Média do último aluno admitido no ano letivo 2019/2020

Provas de Ingresso

É necessária UMA das seguintes provas:

  • Filosofia
  • História da Cultura e das Artes
  • História
  • Português

Vagas

40

Taxa de Empregabilidade

93,9%

* Dados recolhidos pela Dir. Geral de Estatísticas de Educação e Ciência junto do IEFP.

Unidades de Investigação Associadas

Saídas Profissionais

  • Bibliotecas e Arquivos
  • Organizações de Gestão do Património
  • Museologia e Galerias de Arte
  • Inventariação
  • Turismo
  • Organizações de Programação e Gestão Cultural (Produção e Atendimento)
  • Organizações Diplomáticas e de Comunicação Social
  • Editores e Livreiros
  • Organizações de Ensino e Investigação

Regimes de acesso Ao curso

Em cada curso existem vários regimes de acesso possíveis. Estas são as variantes disponíveis para este Curso (para saber mais detalhes sobre elas clique nas opções).

Estrutura curricular

Duração: 3 anos/6 semestres. 

O aluno tem que realizar 180 créditos: 120 créditos realizados no programa de unidades curriculares obrigatórias, 30 créditos do quadro de opções condicionadas e 30 créditos realizados em opções livres ou num minor de uma outra área científica.

Semestralmente, o aluno não se deve inscrever em mais de 30 créditos, respeitando as precedências quando estas tiverem sido definidas. No início de cada semestre, o aluno será aconselhado sobre as unidades curriculares a realizar, mais adequadas ao seu percurso académico.

Os alunos de licenciatura podem ainda beneficiar dos distintos programas de mobilidade em que a FCSH/NOVA participa como Erasmus+, Almeida Garrett, entre outros, e participar em trabalhos de investigação no âmbito das unidades de investigação que integram a Faculdade.

Coordenação

Corpo docente

Docentes Convidados

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer