1.ª Edição

Em associação com a FCT NOVA

 

Consulta aqui a estrutura curricular e o plano de estudos em vigor a partir de 2023/2024

Apresentação

O Mestrado em Curadoria e Humanidades Digitais vem fortalecer a oferta da NOVA FCSH e da FCT NOVA na área da transformação digital no ensino e na investigação, representando uma confluência interdisciplinar entre as áreas das Humanidades, das Ciências da Informação e da Computação. Aproveita a experiência adquirida no anterior Mestrado em Gestão e Curadoria da Informação e acompanha o crescente interesse das comunidades docente e de investigação nacionais e internacionais nas Humanidades Digitais.

O Mestrado em Curadoria e Humanidades Digitais oferece uma formação sólida e abrangente em metodologias, ferramentas e técnicas digitais adequadas a novas abordagens nos temas de investigação das Artes, Humanidades e Ciências Sociais.

Além da formação de quadros especializados para projetos, as competências a adquirir pelos alunos são altamente valorizadas no mercado de trabalho do sector público e privado, como os conhecimentos em sistemas de informação geográfica, linguagens de programação para a web, organização de conhecimento, curadoria de dados, gestão de metadados, análise de redes ou modelação 3D, entre outros. Museus, arquivos, bibliotecas, municípios, empresas de produção de conteúdos web, indústrias criativas, indústrias do turismo, instituições de ensino, entre outras entidades são potenciais empregadores à procura de algumas das competências digitais referidas.

Nesse sentido, o mestrado tem um tronco comum no primeiro semestre e duas áreas de especialização no segundo semestre, uma em Curadoria Digital e outra em Humanidades Digitais. No segundo ano, desenvolver-se-á um seminário de acompanhamento da realização da dissertação, estágio ou trabalho de projeto, nas áreas respectivas.

O mestrado aproveita a experiência de docentes de vários departamentos e unidades de investigação da NOVA FCSH (Laboratório de Humanidades Digitais, IHC, CHAM, IEM e CLUNL), com sólida experiência na oferta formativa e em projetos na área dos métodos digitais aplicados às Artes, Humanidades e Ciências Sociais. Conta ainda com uma parceria com o NOVA LINCS (NOVA FCT), potencializando uma tradicional colaboração em vários projetos de investigação.

Objetivos

Este Mestrado em associação foi concebido por uma equipa de especialistas em curadoria digital, humanidades digitais, computação, história, arqueologia, linguística e património, oferecendo uma formação simultaneamente especializada e abrangente, que permita enveredar pela investigação e/ou desenvolver novos perfis profissionais.

  • Aprofundar conhecimentos adquiridos no 1.º ciclo e em pós-
    graduações em áreas das artes, ciências da informação, ciências sociais, humanidades e património
  • Adquirir conhecimentos nos domínios da curadoria digital e das humanidades digitais, ligados à investigação, gestão de projetos e práticas profissionais em instituições de memória e património
  • Preparar para a vida profissional num contexto de transformação digital
  • Incrementar a capacidade de compreensão e resolução de problemas com recurso a ferramentas digitais
  • Consolidar competências digitais que permitam uma aprendizagem autónoma ao longo da vida
  • Desenvolver aptidões para a investigação colaborativa em meio digital

Áreas De especialização

  • Curadoria Digital
  • Humanidades Digitais

Estrutura curricular

Duração: 2 anos / 4 semestres; Créditos totais: 120 ECTS
Os estudantes realizam 60 ECTS em unidades curriculares na componente letiva e 60 ECTS na componente não letiva. Modalidades de componente não letiva: Dissertação, Trabalho de Projeto ou Estágio com Relatório.

O grau de mestre corresponde ao nível 7 do QNQ/QEQ - Quadro Nacional de Qualificações/Quadro Europeu de Qualificações

Coordenação