Ensino de Filosofia no Ensino Secundário

O Mestrado em Ensino de Filosofia no Ensino Secundário destina-se a conferir habilitação profissional para a docência no Ensino Secundário. Conjugando a preparação filosófica, os conhecimentos de cariz didático-pedagógico e a prática letiva, este Mestrado aposta na formação de docentes dotados de sólidas competências científicas; de um espírito crítico, extensivo a todas as áreas da sua intervenção; de uma atitude reflexiva e investigativa, tanto sobre as questões que relevam no ensino da Filosofia, como naquelas que respondem a solicitações de gestão e inovação pedagógica e profissional.

Assim, no modo como leva a cabo uma qualificação de alto nível dos futuros professores, o Mestrado em Ensino de Filosofia encontra-se alinhado com a missão da NOVA FCSH, nomeadamente no que se refere à promoção da excelência no ensino e na investigação nas respetivas áreas de especialização, ao compromisso claro com a inovação e a interdisciplinaridade e ao apoio à criação e divulgação da cultura humanista.

 

OBJETIVOS EDUCATIVOS

_____

  • Compreensão das linhas orientadoras da política educativa nacional.
  • Capacidade de aplicação dos fundamentos pedagógicos, das didáticas e das metodologias de investigação.
  • Capacidade de adequação das práticas pedagógicas e didáticas à especificidade disciplinar, discente e
    circunstancial.
  • Capacidade de aplicação dos conhecimentos científicos, culturais, pedagógicos e didáticos em atividades de ensino-aprendizagem.
  • Capacidade de refletir sobre as implicações éticas, sociais e culturais do exercício da atividade docente, no contexto do mundo atual, da política educativa e da formação cívica.
  • Competências de aprendizagem, formação e desenvolvimento profissionais contínuos.
  • Desenvolvimento do saber filosófico adquirido e capacidade de o aplicar na orientação da actividade letiva.
  • Capacidade de elaborar uma leitura consistente do Programa de Filosofia.
  • Capacidade de planificar, de avaliar, de inovar no âmbito do processo de ensino-aprendizagem.

 

CONDIÇÕES DE ACESSO

_____

  • 120 créditos em Filosofia, de acordo com o Decreto-Lei n.º 79/2014, de 14 de maio atualizado com o Decreto-Lei n.º 176/2014, de 12 de dezembro.
  • A prova escrita presencial (obrigatória) consistirá na elaboração presencial de um texto, até 5 páginas, com a duração de 1 hora, em que o candidato fundamentará do ponto de vista científico e pedagógico a intenção e o enquadramento da sua candidatura, comprovando o domínio escrito da língua portuguesa e o domínio das regras essenciais da argumentação lógica (Art. 17º, 1, do DL n.º 79/2014).
  • Outras condições de acesso associadas aos mestrados em ensino podem ser consultadas na respetiva página.

 

CANDIDATURAS 2020/21_____

 

Consulte o edital de candidatura disponível no topo desta página.

3.ª fase de candidaturas sem vagas disponíveis.

Estrutura curricular

Duração: 4 semestres  Créditos: 120 ECTS (70 em unidades curriculares + 50 na componente não letiva)

Para a realização da componente não letiva conducente ao grau de mestre, o aluno realiza, nos termos do disposto na no Decreto-Lei n.º 79/2014, de 14 de maio, a iniciação à prática profissional a que são atribuídos 50 créditos (45 ECTS correspondem à Prática de Ensino Supervisionada e 5 ECTS ao Seminário de Orientação da Prática de Ensino Supervisionada).


O grau de mestre corresponde ao nível 7 do QNQ/QEQ - Quadro Nacional de Qualificações/Quadro Europeu de Qualificações.

 

Coordenação

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer