Leonor Machado de Sousa (1932-2021)

É com profundo pesar que a Direção da NOVA FCSH comunica o falecimento, nesta quinta-feira, de Leonor Machado de Sousa, Professora Catedrática Jubilada da NOVA FCSH.

No passado mês de maio, a Professora Doutora Maria Leonor Machado de Sousa, Catedrática Jubilada da NOVA FCSH, foi agraciada com a Excelentíssima Ordem do Império Britânico (em inglês: MBE – Member of the Most Excellent Order of the British Empire), pela Rainha de Inglaterra, uma distinção raramente atribuída a cidadãos não britânicos, como tributo à sua prestigiada contribuição para as artes e ciências. Esta importante distinção, que autoriza a utilização do título MBE após o nome, foi estabelecida em 1917 pelo rei Jorge V.

A Professora Leonor Machado de Sousa é uma das académicas mais prestigiadas e admiradas da história da Academia Portuguesa moderna e tem-se dedicado inteiramente, até hoje, aos estudos anglo-portugueses, que fundou no final dos anos de 1970. Nunca desistiu de liderar os seus discípulos académicos, tendo sido uma inspiração para jovens e estudantes seniores e uma verdadeira embaixadora da literatura e cultura britânicas para a Academia Portuguesa e não só. 

Dos primeiros cursos de Estudos Ingleses, tanto na graduação como na pós-graduação, instituídos no final dos anos 1970 na Universidade NOVA, que ajudou a fundar, até à criação da Revista de Estudos Anglo-Portugueses, já indexada na Scopus, a sua bibliografia é impressionante, nomeadamente, com obras de referência como Inês de Castro. Um tema português na Europa, Camões em Inglaterra e D. Sebastião na Literatura Inglesa. Foi a primeira mulher a exercer uma cátedra de Estudos Ingleses em Portugal e ajudou, desta forma, a criar novas oportunidades para outras mulheres iniciarem uma carreira nesta área disciplinar.  Foi também a primeira mulher a presidir à Biblioteca Nacional de Portugal. Foi uma ilustre membro da Academia Portuguesa de História, onde continua a trabalhar aspetos das relações anglo-portuguesas, nomeadamente a escrita de viagens e a Guerra Peninsular. Lançou a English-Speaking Union in Portugal, tornando-se sua primeira Presidente. Foi Presidente da Associação Portuguesa de Estudos Anglo-Americanos (APEAA) e Vice-Presidente da Byron Society in Portugal, e a primeira Vice-Reitora da Universidade Aberta de Portugal. Por fim, na NOVA FCSH, fundou o centro de investigação em Estudos Anglo-Portugueses, de onde resultou o atual CETAPS (Centre for English, Translation, and Anglo-Portuguese Studies).

À sua família, colegas, amigos e alunos, a Direção da NOVA FCSH apresenta as suas mais sentidas condolências.

O funeral realiza-se sábado, às 16h, e o corpo estará em câmara ardente, entre as 18h30 e 22h30 de sexta-feira, na Basílica da Estrela.

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer