Apresentação

O curso de mestrado em Migrações, Inter-Etnicidades e Transnacionalismo foi criado em 2003 e desde então tem vindo a receber alunos de todo o país, dos países lusófonos, da União Europeia (em programa Erasmus) e de outras proveniências. Estes podem seguir uma via mais académica, realizando uma dissertação de mestrado, ou mais aplicada, através da realização de um estágio em instituições nacionais ou estrangeiras.

Podem concluir igualmente a sua formação com a realização de um projeto de trabalho, que pode igualmente seguir uma via mais académica, conduzindo a doutoramento, ou mais aplicada, conduzindo à aplicação dos conhecimentos obtidos na realização de uma intervenção prática.

Desde o ano letivo 2013/2014, os estudantes interessados em prosseguir os estudos e iniciar-se numa carreira de investigação, podem aprofundar os conhecimentos obtidos nas áreas do mestrado inscrevendo-se no curso de doutoramento em Estudos sobre a Globalização , um programa de terceiro ciclo oferecido conjuntamente pelas várias Faculdades da Universidade NOVA de Lisboa.

Objetivos

Os objetivos gerais resumidos do ciclo de estudos são os seguintes:

1) Dominar o vocabulário conceptual, as metodologias, as teorias e as problemáticas no âmbito das migrações, da inter-etnicidade e do transnacionalismo;

2) Treinar e aprofundar a capacidade de análise crítica de discursos e práticas profissionais em contextos sociais e institucionais relevantes (trabalho, habitação, justiça, escola, política, gestão local, etc.);

3) Adquirir os instrumentos necessários à realização de diagnósticos rigorosos, ao desenho de propostas de intervenção consistentes, à realização de pareceres cientificamente alicerçados, bem assim como à avaliação de projetos de intervenção e à monitorização de situações.

Informação útil

Vagas

15

Taxa de Empregabilidade

96,92%

* Dados recolhidos pela Dir. Geral de Estatísticas de Educação e Ciência junto do IEFP, consultados em maio de 2021.

Estrutura curricular

Duração: 2 anos/4 semestres  Créditos totais: 120 ECTS (60 em unidades curriculares + 60 na componente não letiva)

Modalidades de componente não letiva: Dissertação ou Trabalho de Projeto ou Estágio com Relatório.

O aluno realiza 50 créditos no conjunto das unidades letivas oferecidas. O aluno realiza ainda 10 créditos em regime de opção livre (em unidades curriculares de nível pós-graduado da FCSH/NOVA, ou de outras instituições de Ensino Superior nacionais ou estrangeiras, mediante protocolo). No 3.º semestre o aluno realiza obrigatoriamente um seminário de acompanhamento da componente não letiva (5 ECTS).

O grau de mestre corresponde ao nível 7 do QNQ/QEQ - Quadro Nacional de Qualificações/Quadro Europeu de Qualificações.

Coordenação

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer