Apresentação

O Mestrado em Tradução envolve a investigação científica e a prática da tradução em duas línguas de especialização (Alemão e Inglês), englobando unidades curriculares que se articulam e complementam entre si: Estudos de Tradução, História e Teoria da Tradução, Linguística Comparada, Tecnologias da Informação para a Tradução, Tradução do Texto Literário, Tradução do Texto Pragmático, Tradução do Texto Científico e Tradução do Texto Técnico.

Tanto o trabalho de investigação como a prática da tradução tornam-se evidentes não só nos diferentes programas das unidades curriculares que constituem a componente letiva do curso, mas também nas opções existentes na componente não letiva: a dissertação, o trabalho de projeto e o relatório de estágio.

Os idiomas de ensino são o português e o inglês.

Objetivos

  • Adquirir conhecimentos teóricos, metodológicos e técnicos aprofundados sobre o estado da arte da investigação científica em Estudos de Tradução e das práticas de tradução.
  • Adquirir competências teóricas, metodológicas e técnicas para conceber e realizar projetos de investigação inovadores nas áreas específicas da tradução: literária, pragmática, científica e técnica.
  • Adquirir competências em tecnologias da informação e da comunicação adequadas às aplicações existentes em projetos na área da tradução.
  • Adquirir a capacidade de integrar os conhecimentos e as competências referidas em 1) e 3) para identificar e resolver questões complexas ou objetos relevantes para a conceção e a realização de trabalhos de investigação, de projetos de aplicação, ou de formação profissional na área da tradução, e para desenvolver as soluções teóricas, metodológicas e tecnológicas pertinentes e cientificamente balizadas para os operacionalizar.

Áreas De especialização

Estrutura curricular

Duração: 3 semestres  Créditos: 93 ECTS

O Plano de Estudos do Curso de Mestrado em Tradução tem duas variantes (Alemão e Inglês), cabendo aos estudantes a escolha da variante que desejam frequentar. Inclui uma componente letiva (dois semestres) e uma componente não letiva (um semestre).

Na componente letiva os alunos frequentam quatro cadeiras de cariz teórico-prático comuns a todas as variantes: Estudos de Tradução (10 créditos), História e Teoria da Tradução (10 créditos), Linguística Comparada (10 créditos) e Tecnologias da Informação para a Tradução (6 créditos). As restantes unidades curriculares são de cariz eminentemente prático e dizem respeito à variante escolhida pelos estudantes: Tradução do Texto Literário (6 créditos), Tradução do Texto Pragmático (6 créditos), Tradução do Texto Científico (6 créditos) e Tradução do Texto Técnico (6 créditos).

Coordenação