Isabel Oliveira Martins

Gabinete: 203

io.martins@fcsh.unl.pt

Unidade de investigação: Centro de Estudos Ingleses de Tradução e Anglo-Portugueses (CETAPS)

Áreas de investigação: Literatura Norte-Americana, Tradução, Estudos Luso-Americanos, Estudos Anglo-Portugueses

Formação
AnoGrauÁreaInstituição
2006DoutorLiteratura Norte-AmericanaFCSH/UNL
1986MestreEstudos Anglo-PortuguesesFCSH/UNL
  • Mark Twain em Portugal, co-autoria de textos com Maria de Deus Duarte, Lisboa: BNP: CEAUL: Fundação para a Ciência e Tecnologia, 2010.
  • William Morgan Kinsey. Uma Ilustração de Portugal, Lisboa, Edições 70, 1987
  • "Landscapes of Change: Annie Proulx’s Representation of the American West”, Almeida, Diana V. (ed), Women and the Arts: Dialogues in Female Creativity, Bern: Peter Lang, 2013
  • Tradução e Coordenação do projecto de tradução), Richard Beale Davis, O Abade Correia da Serra na América 1812-1820, Lisboa. Imprensa das Ciências Sociais, 2013
  • Over There, Over There’: American GIs in Wartime Britain, A Scholar for All Seasons. Homenagem a João de Almeida Flor, Lisboa: CEAUL/Departamento de Estudos Anglísticos, FCT, 2013: 395-404
TítuloFonte de financiamentoInícioEstado
Anglo-Portuguese StudiesConcluído
PEnPAL in TranslationConcluído
CargoInícioFim
Leccionação nas áreas da Literatura Americana, Literatura Americana Contemporânea, Estados Unidos no Século XX, História dos Estados Unidos, Cultura Americana, Literatura Inglesa Medieval, Tradução (literária e das ciências sociais e humanas), desde 1983.
Orientação de várias teses de mestrado nas áreas da tradução e dos estudos literários norte-americanos
Participação em inúmeras conferências nacionais e internacionais no domínio dos estudos literários norte-americanos e anglo-portugueses
Formadora nas áreas e domínios do Inglês (A41), Cultura Americana (A9I) e Literatura Americana (A9I), desde 2005.
Membro de diversas associações de literatura, línguas, tradução e estudos americanos nacionais e internacionais, como a APEAA, ESSE, EAAS, ABIL, and PSA.
Membro de dois centros de investigação (CETAPS e CEAUL)

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer