NOVA FCSH instala nova sinalética

A NOVA FCSH procedeu à renomeação dos espaços e à instalação de um novo sistema de sinalização no campus da Avenida de Berna. Esta mudança, cuja necessidade era amplamente reconhecida, vem proporcionar uma informação mais completa, organizada e acessível sobre os espaços da Faculdade. 

O processo, que entra agora na fase final, começou há vários meses com o tratamento das recomendações de vários serviços e com a identificação das principais dificuldades apontadas pela comunidade nos sistemas de inquérito e canais de comunicação. 

 

As mudanças

O mapa geral, com todas as salas, gabinetes e serviços, estará a partir de agora instalado numa estrutura metálica junto à entrada principal da NOVA FCSH. Na entrada de cada edifício, também em estruturas metálicas, será possível consultar a informação detalhada, organizada por pisos. 

Esta estrutura, localizada junto à entrada principal, apresenta o mapa geral da NOVA FCSH.
Painel na entrada do Edifício D, antigo Bloco 2 (B2).

No interior dos edifícios, está a ser substituída informação obsoleta por painéis, em cada um dos andares, que ilustram a localização exata de cada sala, gabinete ou serviço. Toda a informação está agora acessível em português e inglês. 

Painel informativo no piso 5 da Torre B.
Em detalhe, a localização dos serviços no piso 0 da Torre B, legendados com ícones.

Em todas as portas do campus está também a respetiva identificação, com número e nome.

Sala C007, no antigo B1.

 

A renomeação dos edifícios e salas

As torres A e B mantêm as suas designações, enquanto que os blocos 1 e 2 passam a denominar-se C e D, respetivamente. 

AntesAgora

Torre ATorre A

Torre BTorre B

Bloco 1 (B1) – Edifício C

Bloco 2 (B2)Edifício D

A alteração do nome dos edifícios, agora através de A, B, C e D, permite a uniformização do sistema de identificação de salas – mais simples e obedecendo sempre à mesma lógica. Assim, desaparecem as designações heterogéneas (exemplos: T6; 0.05; ou 103) e passamos a reconhecer a localização de uma sala sempre através do nome.

A letra indica o edifício, o primeiro número refere-se ao piso e os últimos dois números são a posição da sala nesse piso (a contagem é feita da esquerda para a direita). Sabemos, por exemplo, que a sala B201a está no 2.º piso da Torre B (a letra a, minúscula, é utilizada para os casos em que há salas internas – como se verifica, por exemplo, na Biblioteca e na Divisão Académica). 

 

Implementação

Apesar de o novo sistema facilitar a orientação no campus, é natural que os primeiros tempos possam causar alguma estranheza, dada a habituação ao sistema antigo. Reconhecendo esse facto, até ao final do ano letivo aparecerão ambas as designações (a antiga e a nova) nos documentos da NOVA FCSH (nomeadamente nos horários). O novo mapa completo fica também disponível online (download do .pdf do mapa) e pode ser utilizado o e-mail comunicacao@fcsh.unl.pt para colocar dúvidas e sugestões, na expectativa de que no início do próximo ano letivo a implementação da sinalética esteja plenamente concluída. 

 

 

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer