FCT anuncia implementação do Plano S em Portugal em 2022
A notícia, divulgada em 25 de Janeiro de 2021, esclarece que “no contexto da atividade da FCT, o acesso aberto previsto pelo Plano S pode ser cumprido por três vias:
 

·Publicação em revistas ou plataformas em acesso aberto
·Disponibilização imediata em repositórios de acesso aberto
·Publicação em acesso aberto ao abrigo de acordos transformativos“.

 
Os 10 Princípios do Plano S

 

  1. Os autores retêm o copyright das suas publicações sem restrições;
  2. As entidades financiadoras irão estabelecer critérios sobre as características a que as revistas e plataformas em Acesso Aberto devem obedecer;
  3. As entidades financiadoras irão disponibilizar suporte para a identificação das revistas e plataformas de publicação mais adequadas;
  4. Quando aplicável, as taxas de publicação em Acesso Aberto são asseguradas pelos financiadores ou universidades, não pelos investigadores;
  5. Quando as taxas de publicação em Acesso Aberto são aplicadas, o seu financiamento é padronizado e limitado;
  6. As entidades financiadoras solicitarão às universidades, organizações de investigação e bibliotecas que alinhem a suas políticas e estratégias, principalmente para garantir a transparência;
  7. Estes princípios são aplicados a todos os tipos de publicações científicas, no entanto o Acesso Aberto para monografias e livros pode ir além de 1 de janeiro de 2020;
  8. É reconhecida a importância dos repositórios de publicações em Acesso Aberto, tendo em conta a sua função de arquivo a longo prazo e o seu potencial de inovação editorial;
  9. O modelo “híbrido” de publicação não é compatível com os princípios acima;
  10. As entidades financiadoras irão monitorizar o cumprimento da publicação em Acesso Aberto.
Notícia disponível aqui.
Mais informações sobre o Plano S, aqui.

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer