20
Dez
Oficina ZINE ANTI-RACISTA – A PROVA DO CRIME recruta  participantes
Workshop
14:00 às 20:00
Clube de Futebol da Trafaria

A partir de um arquivo colonial de Angola e Moçambique, Nkaka “KPerrom” prepara uma revista anti-racista onde procura as provas do crime colonial. Nkaka “KPerron” Bunga Sessa (Angola, 1994) é músico (compositor, contrabaixo, rapper) e um dos impulsionadores do projeto 2825 | 2GTO que trabalha a emancipação da imagem e voz da comunidade da Trafaria.

A partir do material do arquivo, sobretudo fotográfico, do antigo Instituto de Investigação Científica Tropical do Museu de História Natural e Ciência da Universidade de Lisboa, o artista e a associação Canto do Curió, em parceria com o projeto de investigação Photo Impulse e o projeto Europeu T-Factor, realizam uma oficina/Workshop, para construir uma revista coletiva a partir de reflexões sobre esse material, com a intenção de propor leituras críticas e que possibilitem a sua descolonização.

A oficina decorre no dia 20 de novembro, entre as 14 e as 20 horas, no Clube de Futebol da Trafaria. Estão abertas inscrições até ao dia 12 de novembro.

Se estiver interessado(a) em participar – inscrições e mais informação AQUI.

Esta iniciativa, desenvolvida pela associação Canto do Curió , resulta de uma proposta do projeto de investigação Photo Impulse (ICNOVA) em parceria com a Universidade NOVA de Lisboa, no âmbito do projeto europeu T-Factor . Este projeto visa desbloquear o potencial transformador do uso temporário na regeneração urbana e envolver a população local na sua dinâmica criativa, bem como locais emblemáticos representantes da história da Trafaria numa relação direta com a comunidade.

PARTICIPANTES

NKAKA “KPERROM” BUNGA SESSA (Angola, 1994) é músico (compositor, contrabaixo, rapper). Um dos impulsionadores do projeto 2825 | 2GTO que trabalha a emancipação da imagem e voz da comunidade da Trafaria. É estudante de Contabilidade no ISCAL, Lisboa. A sua relação com a arte impressa começa com a sua exploração independente de serigrafia têxtil.

CANTO DO CURIÓ é uma associação cultural que faz intervenção sócio-cultural a partir dos bairros da Trafaria, em Almada nos domínios de emancipação e participação social nas ciências, nas artes e na política. Em 2021 trabalha com três projectos principais: O “2T/2825”, que ensaia uma resposta integrada e de base comunitária a diferentes necessidades e riscos (saúde, ambiente, cultura) com financiamento do Programa Nacional Bairros Saudáveis e Junta de União de Freguesias de Caparica e Trafaria; O projecto independente “2GTO 2825” de rap/hiphop e serigrafia comunitárias; O projecto de ciência cidadã “Novos Decisores” que estuda galgamentos marítimos durante tempestades, financiado pela Fondation de France e Câmara de Almada.

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer