13
Mai
Música, Política e Sociedade – Ecos do liberalismo no mundo iberoamericano
Apresentação
14:00 às 20:00 (13 a 14 Mai 2022)
Colégio Almada Negreiros

O liberalismo, como ideologia política e como doutrina económica, marcou toda a realidade do século XIX. Além de configurar um novo quadro ao nível das relações económicas, modificou as estruturas sociais, promoveu um novo regime jurídico, contribuiu para o desenvolvimento de democracias representativas e promoveu o moderno Estado-Nação. A sua implantação na Península Ibérica deu-se a par e passo de uma transformação radical das relações entre as metrópoles e as colónias, e a sua implantação foi desigual e descontínua.

Nesse contexto, ocorreram também profundas mudanças na vida musical. As estruturas vinculadas ao Antigo Regime ruíram e deram lugar a um novo sistema produtivo. A música, transformada em bem de consumo, tornou-se protagonista de novas formas de sociabilidade que se desenvolveram em salões e teatros. O associativismo atingiu níveis nunca antes conhecidos. Em estreita relação com essas transformações surgiram novos géneros musicais, ao mesmo tempo que crescia um mercado musical de dimensões transnacionais, no qual convergiam os espaços europeu e atlântico.

Tendo em conta a importância deste processo, o CESEM e a SPEMI promovem um simpósio com o objetivo de analisar as relações entre a música e o Liberalismo no espaço ibérico e ibero-americano sob múltiplas perspetivas.

Informações adicionais