25
Fev
A mulher e a Educação na frente de Tete (1964-1974)
Seminário
17:00 às 19:00
Online

Seminário de investigação do grupo de História Política Comparada do Instituto de História Contemporânea.

Nesta tese apresentamos a contribuição da mulher na luta armada de libertação de Moçambique, no sector da Educação na frente de Tete, que decorreu de 25 de Setembro de 1964 a 7 de Setembro de 1974. Nesta luta as mulheres desempenharam papel preponderante ao lado do homem para o alcance da independência nacional que foi proclamada a 25 de Junho de 1975 pelo então presidente Samora Moisés Machel. As mulheres foram importantes como mobilizadoras e educadoras políticas do povo e dos guerrilheiros nos campos de batalha e nos centros educacionais, ensinando crianças, jovens e adultos nas zonas libertadas pela Frente de libertação de Moçambique (FRELIMO) movimento nacionalista moçambicano, que lutou contra a dominação colonial.

As mulheres na frente de Tete dedicaram-se à educação nos infantários onde encontrávamos crianças órfãs de pais vítimas da luta armada de libertação de Moçambique, e filhos dos guerrilheiros vivos que se encontravam nos campos de batalha; Nos centros pilotos, educavam homens, mulheres e crianças, para tal, eram selecionadas aquelas que tinham algum conhecimento em relação às outras. Desde cedo a FRELIMO definiu a educação como prioridade na luta armada de libertação nacional, assim como definiu a participação da mulher na mesma, desempenhando dentre várias actividades a de educadora e nesse período não se fala apenas de educação “formal” que era basicamente ler e escrever mas incluía a “educação natural” instrução militar, o canto e a dança. O facto de muitas mulheres não terem concluído o nível primário, não constituía limitação para ensinar.

 

Oradora: Nheleth Mambirisse (Universidade Pedagógica de Maputo)
Docente da Universidade Pedagógica de Maputo; Doutoranda em História de África Contemporânea; Mestre em Ciência Política e Estudos Africanos.

 

Comentadora: Olga Iglésias (IHC — NOVA FCSH)
Professora de História, reformada. Investigadora integrada no grupo de História Política Comparada no IHC — NOVA FCSH e colaboradora no CEsA/CSG/ISEG-Lisboa.

 

🔗 Link de acesso à sessão Zoom

 

Cartaz do seminário "A mulher e a Educação na frente de Tete (1964-1974)"

 

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer