NOVA FCSH recebe Cátedra UNESCO na área das humanidades digitais na educação

Chama-se CIPSH Chair on Digital Humanities in Education e foi aprovada pelo The International Council for Philosophy and Human Sciences, organismo não governamental criado pela UNESCO. A cátedra resulta de uma parceria entre a NOVA FCSH, a Universidade Aberta e a Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e envolve investigadores e projetos de vários países, além de instituições não académicas, como o Museu Nacional de Arte Contemporânea (MNAC), a FCCN e o Instituto Português do Desporto e Juventude.

Na NOVA FCSH, a Cátedra será liderada por Carlos Ceia, professor catedrático desta instituição e diretor do CETAPS – Centre for English, Translation and Anglo-Portuguese Studies. Numa sociedade globalizada, “as Humanidades têm um papel renovado a desempenhar, abordando discursos que se alimentam de medo, desinformação, manipulação de conhecimento, notícias falsas e negação da ciência”, lê-se no comunicado.

A Cátedra conta com o apoio do Ministério da Educação e é financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia através de dois projetos de investigação: Digital Humanities Laboratory, coordenado por Daniel Alves, investigador do IHC – Instituto de História Contemporânea, e o CETAPS Digital Laboratory, liderado por Fátima Vieira, vice-diretora do CETAPS e vice-reitora da Universidade do Porto.

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer