NOVA FCSH integra projeto que recebe 10,4M€ para estudar os oceanos

Conhecer o passado dos oceanos e o impacto da vida marinha nas sociedades humanas para compreender o presente e antecipar o futuro. É este o objetivo de 4-OCEANS, o projeto liderado em Portugal pela investigadora da NOVA FCSH Cristina Brito e que dá ao país a primeira ERC Synergy Grant na área das Humanidades. A bolsa europeia tem o valor de 10,4 milhões de euros, a atribuir ao grupo internacional de quatro investigadores que está a desenvolver o projeto.

“4-OCEANS terá um grande impacto para a produção de conhecimento sobre o passado dos oceanos e os resultados serão transformadores para a nossa compreensão sobre a escala e impactos de uma globalização ecológica, no meio marinho”, explica Cristina Brito. “Iremos produzir um Atlas da Exploração Histórica dos Recursos Marinhos, de acesso aberto, que será relevante para todos os temas académicos que se relacionam com o passado e o presente dos oceanos”.

O projeto, a decorrer entre 2021 e 2027, vai contribuir para a literacia dos oceanos, num mundo que depende dos recursos marinhos para a subsistência e segurança alimentar, bem como fortalecer o papel das Humanidades para o estudo e conhecimento dos oceanos.

“O projeto demonstra a nossa capacidade de integrar as melhores e mais competitivas redes internacionais de investigação e a relevância da interdisciplinaridade como definição prioritária na resposta às oportunidades geradas pelos grandes financiamentos europeus”, diz Francisco Caramelo, diretor da NOVA FCSH. “Esta Synergy evidencia, para além do enorme mérito da Professora Cristina Brito, a competência técnica instalada e em consolidação na NOVA FCSH no âmbito da gestão de ciência.”

Além de Cristina Brito, da NOVA FCSH (CHAM – Centro de Humanidades), 4-OCEANS conta com mais três investigadores: Poul Holm e Francis Ludlow, de Trinity College Dublin (Trinity Centre for Environmental Humanities), e James Barrett, da Cambridge University (Department of Archaeology).

O projeto 4-Oceans foi um dos mais de 440 apresentados por investigadores de todo o mundo nesta edição das Synergy Grants do ERC. Neste ano de 2020, foram aprovados 34 projetos (sete por cento do total), envolvendo 116 investigadores de 86 universidades e centros de investigação. Na sua totalidade, estes projetos receberão 350 milhões de euros de financiamento, diretamente retirados do programa de investigação e desenvolvimento da União Europeia – Horizonte 2020.

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer