Gabriela Gândara Terenas

Gabinete: 203

g.terenas@fcsh.unl.pt

Unidade de investigação: Centro de Estudos Ingleses de Tradução e Anglo-Portugueses (CETAPS)

Áreas de investigação: Estudos Anglo-Portugueses, Estudos de Cultura, Cultura Inglesa, Estudos de Tradução, Cultura Norte-Americana

Formação
AnoGrauÁreaInstituição
2005DoutorEstudos Anglo-PortuguesesUniversidade Nova de Lisboa
1992MestreEstudos Anglo-PortuguesesUniversidade Nova de Lisboa
1985LicenciadoLínguas e Literaturaturas Modernas (Variante Inglês/Alemão)Universidade Livre de Lisboa
  • Editorial  
  • Malyn Newitt, The Braganzas. The Rise and Fall of the Ruling Dynasties of Portugal and Brazil, 1640-1910  
  • "Never a Saint"  
  • Contadles a los españoles:  
  • From Britannic Heroes to the Glorious Alliance  
TítuloFonte de financiamentoInícioEstado
Concluído
CargoInícioFim
Directora da Revista de Estudos Anglo-Portugueses (de Janeiro de 2014 à Actualidade)
Coordenadora do Mestrado em Tradução (de Julho de 2013 à actualidade)
Membro da Comissão Executiva do Departamento de Línguas, Culturas e Literaturas Modernas (de Julho de 2013 à actualidade)
Professora Auxiliar do Seminário de Estudos Culturais Anglo-Portugueses/Cruzamentos Culturais Luso-Britânicos. Mestrado em Línguas, Literaturas e Culturas/ 2ºCiclo (2º semestre dos anos lectivos de 2010-2011 e 2006-2007). Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
Professora Auxiliar do Seminário de Tradutologia. Mestrado em Tradução/ 2º Ciclo (2º semestre dos anos lectivo de 2010-2011 e 2006-2007). Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
Membro da Direcção do CETAPS (Centre for English, Translation and Anglo-Portuguese Studies) (desde Março de 2009 até à actualidade).
Coordenadora do Grupo de Investigação British Culture and History (CETAPS) (desde Março de 2009 até à actualidade)
Presidente da Comissão Pedagógica do Departamento de Línguas Literaturas e Culturas Modernas (2º semestre do ano lectivo de 2008-2009). Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer