PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO E POLÍTICAS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Apresentação

Objetivos

A Pós-Graduação em Gestão e Políticas de Ciência e Tecnologia proporciona formação qualificada e a aquisição de competências para o desempenho de atividades de gestão do sistema científico e tecnológico.

Este curso, em termos gerais, pretende contribuir para a melhoria sustentada dos processos de formulação e implementação de políticas de Ciência e Tecnologia, ao nível dos seus objetivos socioeconómicos, da comunicação e difusão do conhecimento científico e tecnológico, dos instrumentos dedicados à promoção e aumento sustentado da qualidade das atividades de I&D, e da respetiva valorização económica.

Esta contribuição consubstancia-se na formação de quadros capazes de desempenhar tarefas qualificadas, ao nível intermédio e superior, em domínios que incluem:

  • O financiamento, a avaliação, a observação e a gestão de atividades de I&D em instituições públicas, assim como o apoio à definição de políticas públicas nos domínios da Ciência e Tecnologia e o estabelecimento e gestão de instrumentos financeiros e institucionais para a implementação destas políticas;
  • A gestão e implementação de atividades de I&D em instituições públicas e privadas do Sistema Científico e Tecnológico (instituições de ensino superior, centros de I&D);
  • O apoio à definição e implementação de estratégias de comunicação e difusão do conhecimento e da cultura científica e tecnológica;
  • A gestão de organizações dedicadas à prossecução de políticas públicas de Ciência e Tecnologia;
  • A gestão de organizações dedicadas à comercialização e transferência dos resultados dessas atividades para as empresas e para o mercado, dando origem a inovações empresariais com impacto no desenvolvimento económico e na qualidade de vida das populações.

Saídas Profissionais

A PGCT destina-se a profissionais que desenvolvam ou pretendam desenvolver a sua atividade em instituições que incluem:

  • Organismos públicos de financiamento, avaliação, observação e gestão do sistema de ciência, tecnologia e inovação, incluindo a gestão de fundos estruturais;
  • Organismos associados à prossecução – conceção, operacionalização e gestão – de políticas públicas dedicadas ao desenvolvimento e à difusão do conhecimento científico e tecnológico;
  • Organizações dedicadas à promoção e financiamento da I&D pública e empresarial, bem como da competitividade empresarial baseada na inovação e na mudança tecnológica;
  • Unidades, centros e laboratórios de I&D universitária e empresarial;
  • Núcleos e gabinetes dedicados à comercialização e transferência de tecnologia e à inovação ao nível universitário e de unidades de investigação públicas ou privadas.

O público alvo é, assim, constituído por quadros intermédios e superiores de instituições públicas, instituições de ensino superior, laboratórios e centros de investigação, unidades de investigação cuja atividade se centra na operacionalização e administração de atividades de Ciência e Tecnologia. Estima-se que o mercado potencial será de molde a assegurar, em média, 20 inscrições anuais durante um período mínimo de cinco anos de funcionamento.

O Programa não é dedicado exclusivamente a quadros com educação de base em Ciência e Tecnologia, focando também todos aqueles que, tendo obtido formação nas diversas áreas disciplinares e científicas, tenham um interesse específico em desenvolver e/ou reforçar conhecimentos e valências no âmbito da interação entre ciência, tecnologia, sociedade e economia, que se traduz no processo de inovação tecnológica, com particular ênfase na vertente dedicada ao papel das políticas públicas.

Regimes de acesso Ao curso

Em cada curso existem vários regimes de acesso possíveis. Estas são as variantes disponíveis para este Curso (para saber mais detalhes sobre elas clique nas opções).

São admitidos como candidatos à inscrição:

  1. Os candidatos detentores de um certificado de conclusão de licenciatura obtido em Estabelecimento de Ensino Superior de países subscritores da Declaração de Bolonha e de outros considerados afins, tendo em atenção a respetiva estrutura curricular com menção da média final;
  2. Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, com menção da média final;
  3. Detentores de um currículo escolar ou científico reconhecido pelo Júri de Seleção, que ateste a capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

Estrutura curricular

Duração: 2 semestres | Número de créditos: 60 ECTS

O curso tem a duração de dois semestres e é ministrado em regime pós-laboral em Lisboa com possibilidade de acompanhamento virtual parcial em instalações no Porto.

O conjunto das unidades curriculares necessárias à obtenção dos 60 ECTS deve incluir 7 unidades curriculares que compõem o plano de estudos da Pós-Graduação:

  • 2 unidades curriculares obrigatórias;
  • 5 unidades curriculares do conjunto das 10 optativas condicionadas.

Coordenação

Corpo docente

Docentes convidados

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer