GLOSSÁRIO DA CIÊNCIA ABERTA

Para entender o Acesso Aberto é necessário dominar alguns conceitos. Explora-os a seguir e acede a mais informação nos sites de referência que disponibilizamos.

O documento é disponibilizado para leitura, isento de encargos, embora a sua reutilização seja ainda restrita, por exemplo pelos direitos de autor – Todos os Direitos Reservados. | + informação

O artigo é disponibilizado sob uma licença aberta, permitindo-lhe ser partilhado e reutilizado, dependendo da licença utilizada. | + informação

Significa que o conteúdo está indisponível por um período limitado de tempo, findo o qual o mesmo será disponibilizado em acesso aberto e sem restrições. | + informação

Este tipo de acesso é objetivamente o oposto ao acesso aberto. O acesso direto e imediato ao documento não é permitido (apenas o administrador do repositório institucional terá acesso). | + informação

Significa que o acesso direto e imediato só é permitido a um grupo restrito de utilizadores, sendo que o acesso direto e imediato ao conteúdo integral do documento não é permitido ao público em geral. O acesso aberto ao documento pode ser definido, por exemplo, para um grupo de utilizadores no domínio da instituição (controlo de acesso validado por endereço IP). | + informação

Trata-se de um acordo suplementar adicionado a um contrato de publicação que define ou altera os termos do contrato original e centrado, na maioria das vezes, na transferência de propriedade dos direitos de autor. Para os autores de trabalhos académicos pode ser necessária uma adenda de autor ao contrato de publicação padrão de um editor para ajudar a garantir que os autores protegem os seus direitos mais importantes, como o direito de depositar os seus artigos online num site pessoal ou num repositório digital, o direito de utilizar os seus trabalhos em ambiente de sala de aula ou o direito de usar os seus trabalhos como base para investigação futura.| + informação

Instituições públicas ou privadas responsáveis pelo financiamento de instituições de investigação e ciência e de investigadores ou grupos de investigadores responsáveis por projetos de investigação.

Taxa cobrada ao autor, criador ou instituição de modo a contemplar os custos de um artigo, em vez de sobrecarregar o potencial leitor potencial do artigo. A taxa pode ser aplicada a todo o tipo de publicações, de acesso aberto ou comercial. | + informação

Momento em que o autor é notificado pela revista, conferência ou meio de publicação similar, que o seu trabalho foi sujeito a revisão científica pela revista, comité científico da conferência ou similar, frequentemente através de processos de arbitragem por pares; que todas as alterações requeridas decorrentes desse processo de revisão foram já efetuadas; que o trabalho se encontra pronto a percorrer as restantes etapas necessárias para efeitos de publicação, como a edição e revisão de texto (meramente ortográfica) e a composição tipográfica (formatação e estilo); que a partir deste ponto não haverá qualquer alteração ao conteúdo do trabalho, apenas alterações decorrentes da revisão de texto, da composição tipográfica e outras levadas a cabo pela editora, as quais não interferem com o conteúdo do trabalho. | + informação

Data em que o trabalho é publicamente divulgado pelo meio de publicação escolhido pelo autor, por exemplo, a data de publicação de uma revista impressa ou, no caso de se tratar de um meio de publicação online, a data em que o trabalho é disponibilizado online por esse meio, como é o caso de revistas online, páginas web de conferências ou outros eventos científicos. | + informação

Os direitos de autor pertencem ao criador intelectual da obra, salvo disposição expressa em contrário e são reconhecidos independentemente do registo, depósito ou qualquer outra formalidade. São consideradas obras as criações intelectuais do domínio literário, científico e artístico, quaisquer que sejam o género, a forma de expressão, o mérito, o modo de comunicação e o objetivo, por qualquer modo exteriorizadas, que, como tais, são protegidas nos termos da lei, incluindo-se nessa proteção os direitos dos respetivos autores. O autor tem os direitos de caráter patrimonial e os de natureza pessoal, denominados direitos morais. No exercício dos direitos de caráter patrimonial, o autor tem o poder exclusivo de dispor da sua obra e de usufruí-la e utilizá-la, ou autorizar o seu usufruto ou utilização por terceiro (com as exceções referidas em utilização livre), total ou parcialmente. Independentemente dos direitos patrimoniais, e mesmo depois da transmissão ou extinção destes, o autor goza de direitos morais sobre a obra, designadamente o direito de reivindicar a respetiva autoria e assegurar a sua genuinidade e integridade. | + informação

Creative Commons licenses give everyone from individual creators to large institutions a standardized way to grant the public permission to use their creative work under copyright law. From the reuser’s perspective, the presence of a Creative Commons license on a copyrighted work answers the question, “What can I do with this work?” | + informação

A revisão pelos pares é o processo de avaliação e certificação da qualidade da investigação e dos seus resultados. Os artigos das principais revistas científicas são objeto deste processo de avaliação e revisão antes de serem publicados.| + informação

O período de tempo que decorre entre a data de publicação formal e a data em que a publicação pode ser livremente acedida por qualquer pessoa designa-se ‘período de embargo’.| + informação

A versão do trabalho, que contém todas as alterações decorrentes dos processos de validação científica, incluindo as que decorrem de processos de arbitragem por pares e/ou as de natureza académica requeridas pelo editor da revista, comité científico da conferência ou equivalente, e que é acordada entre o autor e o editor como a versão que será publicada, mas antes ainda de ser submetida à revisão de texto e à composição tipográfica, é a que se designa, no âmbito da Política de Acesso Aberto, versão final do autor.| + informação

In the context of Open Access, a preprint is a draft of an academic article or other publication before it has been submitted for peer-review or other quality assurance procedure as part of the publication process. Preprints cover initial and successive drafts of articles, working papers or draft conference papers. | + informação

Sistema de informação para armazenar, preservar e difundir a produção intelectual de dada instituição, geralmente uma comunidade universitária. Pode ser criado e mantido de forma individualizada, ou por grupos de instituições que trabalhem numa base cooperativa. | + informação

Quaisquer dados ou textos científicos gerados em processo de investigação, bem como outros elementos baseados nos dados da investigação. Estes resultados da investigação podem ter sido publicados (resultados publicados) ou não (resultados por publicar).| + informação

Resultados gerados pela investigação realizada com fundos públicos ou por financiamento público igual ou superior a 50%. | + informação

Revista que publica exclusivamente artigos em acesso aberto.| + informação

Algumas revistas tradicionais oferecem aos autores, por uma taxa adicional, a opção de disponibilizar de forma universal e gratuitamente os seus artigos. Outros artigos na mesma revista permanecem acessíveis apenas através de subscrição. Estas revistas são conhecidas como «revistas híbridas. | + informação

A versão que é publicada, sendo idêntica à versão final do autor, no que diz respeito ao conteúdo, mas tendo sofrido as alterações decorrentes da revisão de texto e da composição tipográfica (formatação do estilo de acordo com o meio de publicação em que surge). É a versão que se designa no âmbito da Política como versão do editor.| + informação

Versão final de um manuscrito, após revisão pelos pares e processada pela editora.| + informação

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer