02
Set
Data: 2 a 12 Set 2024
Horário: segunda a quarta-feira das 18h00 às 21h00 | quinta-feira das 18h00 às 21h30
Duração: 25h | 2 ECTS
Morada: NOVA FCSH |
Área: Comunicação, Política, Linguagem e Filosofia
Docente responsável: Paolo Stellino
Docente: Antonio Cardiello
Docente: Bartholomew Ryan
Docente: Luís Aguiar de Sousa
Docente: Marta Faustino
Docente: Pietro Gori
Acreditação pelo CCPFC: Sim - Formação geral e adequada (dimensão científica e pedagógica): Professores do Grupo 410
Ensino Presencial
Este curso vai ser lecionado na modalidade de ensino presencial

 

Objetivos

____

O curso propõe-se oferecer uma abordagem introdutiva ao pensamento do filósofo alemão Friedrich Nietzsche. O objetivo é, em primeiro lugar, aprofundar as questões que Nietzsche elabora no decurso da sua obra e que representam as etapas fundamentais do pensamento contemporâneo ocidental. Em segundo lugar, serão tratadas questões relativas à metodologia de estudo e análise de textos filosóficos.

 

Programa

____

A atividade principal do curso consistirá numa introdução ao pensamento de Friedrich Nietzsche através de um percurso temático que visa abordar as temáticas e os conceitos mais icónicos do seu pensamento.

No curso esboçar-se-á o percurso intelectual de Nietzsche refletindo sobre as suas ideias filosóficas mais interessantes, entre as quais se destacam a morte de Deus e o problema do niilismo; a crítica à moral do cristianismo; a diagnose do tipo humano produzido por essa moral (o décadent); a reflexão sobre o conhecimento e seu valor epistémico; a questão da subjetividade; a reflexão sobre vontade e liberdade; a crítica da cultura contemporânea.

Dedicar-se-á particular atenção ao projeto filosófico que Nietzsche quis desenvolver ao longo da sua vida e ao contexto intelectual do seu pensamento maduro, revelando a articulação unitária dentro da qual as várias questões por ele abordadas encaixam-se no contexto temático duma investigação sobre a contemporaneidade, cujo objetivo primário é reconstruir genealogicamente a origem das avaliações morais, observar os seus efeitos antropológicos e oferecer à humanidade uma indicação para se desenvolver ulteriormente.

 

Bibliografia

____

  • F. Nietzsche, A Gaia Ciência, Lisboa: Relógio D’Água.
  • F. Nietzsche, Genealogia da Moral, Lisboa: Relógio D’Água.
  • F. Nietzsche, Crepúsculo dos ídolos, Lisboa: Edições 70.
  • P. Gori (org.), Introdução a Nietzsche, Lisboa: Ifilnova, https://ifilnova.pt/bibliototeca-digital/introducaoa-nietzsche.

 

PROPINA

____

Ver tabela em informações úteis.

 

docentes

____

Antonio Cardiello é tradutor literário, editor da revista Pessoa Plural e investigador do Instituto de Filosofia da Universidade Nova de Lisboa (IFILNOVA), onde também é membro do CultureLab. As suas áreas de pesquisa e interesse são os estudos interculturais entre tradições filosóficas orientais e ocidentais, bem como os textos filosóficos de Fernando Pessoa, com particular incidência no Neopaganismo. Codiretor do projeto de digitalização da biblioteca de Fernando Pessoa (em linha desde 2010), editou os seguintes volumes: Obra completa de Álvaro de Campos (Tinta da China, 2014), Una Stirpe incognita (EDB, 2016), Nietzsche e Pessoa. Ensaios (Tinta-da-China, 2016), Philosophy in the Condition of Modernism (Palgrave Macmillan, 2018), e Fernando Pessoa and Philosophy: Countless Lives Inhabit Us (Rowman Littlefield, 2021).

Bartholomew Ryan é filosofo, músico e investigador no IFILNOVA, Universidade Nova de Lisboa. É o coordenador do grupo de pesquisa Formas de Vida e Práticas da Filosófia no IFILNOVA. Publicou vários livros e ensaios interpenetrando filosofia e literatura. O livro mais recente intitula-se Fernando Pessoa and Philosophy: Countless Lives Inhabit Us (eds. B. Ryan, A. Cardiello e G. Tusa, 2021). Publicou dois livros sobre Nietzsche chamado Nietzsche e Pessoa: Ensaios (eds. B. Ryan, M. Faustino, A. Cardiello, 2016); e Nietzsche and the Problem of Subjectivity (eds. B. Ryan, M. J. Branco, J. Constâncio, 2015). É o autor do livro Kierkegaard´s Indirect Politics: Interludes with Lukács, Schmitt, Benjamin and Adorno (2014). Os próximos livros são Fernando Pessoa: Critical Lives (2024) e James Joyce: The Unfolding Art of Flourishing and Decay (2025). Ensinou em várias universidades do Brasil à Índia, e em Lisboa, Berlim, Oxford, Aarhus, Bishkek, Zagreb e Split. É compositor e músico da banda internacional The Loafing Heroes.

Luís Aguiar de Sousa é investigador contratado do Instituto de Filosofia da Nova da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É doutorado pela Universidade Nova de Lisboa com a tese O autoconhecimento da vontade. Um estudo sobre o conceito de subjetividade no sistema filosófico de Schopenhauer. Foi várias vezes investigador visitante na Johannes Gutenberg Universität Mainz, na Alemanha. É membro dos grupos de investigação “Lisbon Nietzsche Group” e “Forms of Life and Pra ctices of Philosophy”. Foi editor principal do volume Phenomenological Approaches to Intersubjectivity and Values (Cambridge Scholars, 2019) e co-editor do volume Violence and Nihilism (de Gruyter, 2022). É, ainda, autor de vários artigos sobre Schopenhauer, Nietzsche e Merleau-Ponty. A sua investigação atual centra-se sobre a relação entre Schopenhauer e Nietzsche.

Marta Faustino é investigadora contratada do IFILNOVA (Instituto de Filosofia da NOVA). Estudou Ciências da Comunicação (2002) e Filosofia (2005) na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa e doutorou-se em Filosofia (2013), na mesma universidade, com a dissertação “Nietzsche e a Grande Saúde. Para uma Terapia da Terapia”. Desenvolve atualmente um projeto individual sobre a filosofia como modo de vida, com especial foco em Nietzsche, Hadot e Foucault e lidera, como Investigadora Principal, o Projecto Exploratório da FCT “Mapping Philosophy as a Way of Life: An Ancient Model, A Contemporary Approach”. É autora de vários artigos e ensaios sobre Nietzsche, Hadot, Foucault e os filósofos helenistas e co-editora de Nietzsche e Pessoa: Ensaios (Tinta-da-china, 2016), The Late Foucault: Ethical and Political Questions (Bloomsbury, 2020) e Filosofia Como Modo de Vida: Ensaios Escolhidos (Edições 70, 2022).

Paolo Stellino é investigador contratado no Instituto de Filosofia da Nova (IFILNOVA) e professor convidado no Departamento de Filosofia da FCSH. Atualmente é coordenador do Grupo de Estudos sobre Nietzsche. É autor dos livros Nietzsche and Dostoevsky. On the Verge of Nihilism (Peter Lang, 2015) e Philosophical Perspectives on Suicide. Kant, Schopenhauer, Nietzsche, and Wittgenstein (Palgrave, 2020).

Pietro Gori é investigador contratado no Instituto de Filosofia da Nova (IFILNOVA) e professor convidado no Departamento de Filosofia da NOVA FCSH. Tem vários trabalhos sobre Nietzsche publicados internacionalmente, entre os quais destaca-se o ensaio monográfico Nietzsche’s Pragmatism (De Gruyter 2019). Em 2023, organizou o volume Introdução a Nietzsche publicado em acesso aberto pelo IFILNOVA.

  • Centro Luís Krus – Formação ao Longo da Vida
  • Cursos da Escola de Verão (EV)