11
Jan
Data: 11 a 29 Jan
Horário: segundas, quartas e sextas-feiras das 15h00 às 18h00 | 29 de janeiro das 15h00 às 16h00
Duração: 25h | 2 ECTS
Área: Línguas, Literaturas e Culturas
Docente: Ronaldo Guilherme Gurgel Pereira - Responsável
Acreditação pelo CCPFC: Não
Ensino a Distância
Este curso vai ser lecionado na modalidade de Ensino a Distância

 

Objetivos

____

  • Apresentação dos fundamentos do alfabeto, ortografia e fonologia da escrita canaanita genericamente denominada “fenícia”, a partir da leitura de textos individuais de natureza epigráfica;
  • Compreender os formulários e as abreviações mais correntes na linguagem epigráfica fenícia, a partir de fontes encontradas no Levante e pelo Mediterrâneo;
  • Praticar a leitura de paleografia fenícia, contextualizando cada fonte historicamente;
  • Assimilar os elementos gramaticais essenciais para o estudo da língua fenícia;
  • Desvincular a abordagem da gramática fenícia do estudo essencial da língua hebraica.

 

Programa

____

  • Apresentação do curso e discussão sobre a bibliografia: gramáticas, dicionários e seleções de textos epigráficos para a paleografia. História da chamada “língua fenícia”. Introdução e Contextualização: Estrutura da língua e dialetos fenícios, fonologia (vogais e consoantes).
  • Nomes; Adjetivos; Sufixos Pronominais; Pronomes Pessoais Independentes; Partícula Relativa; Pronomes Demonstrativos; Pronomes Interrogativos.
  • Pronomes Indefinidos: Preposições; Negações; Marcador de Acusativo; Artigo Definido.
  • Verbo (perfeito, imperfeito, imperativo, particípio, infinitivos, verbos fracos).
  • Verbos Fracos; Verbos Derivados; Leitura e análise 1: A Inscrição de ‘Abdo (ca. 900 aC).
  • Leitura e análise 2 e 3: A Inscrição Kilamuwa (ca. 825 aC). A Inscrição de Tabnit (séc. VI aC).
  • Leitura e análise 4: A Inscrição de Karatepe (séc. VIII aC).
  • Leitura e análise 5: A Inscrição de Eshmunazar (séc. V aC).
  • Avaliação: cada aluno apresentará uma síntese pessoal sobre cada uma das fontes. Conclusão do curso.

 

Bibliografia

____

  • Gzella, H. 2011. “Phoenician”, in: Gzella, H.(ed.), Languages from the World of the Bible. Berlin and New York: De Gruyter, pp. 55 – 75.
  • Hackett, J.A. 2004. “Phoenician and Punic”, in: R. D. Woodard (ed.), The Cambridge Encyclopedia of the World.
  • Krahmalkov, Ch. R. 2001. A Phoenician-Punic Grammar. Handbuch der Orientalistik I, 54. Leiden: Brill.
  • Krahmalkov, Ch. R. 2000. Phornivisn-Punic Dictionary – Studia Phoenicia XV. OLA 90, Leuven: Peeters.
  • Cunchilos, J. L, Zamora, J. A. Gramática Fenícia Elemental. CSIC: Madrid, 1997.

 

PROPINA

____

Ver tabela em Informações úteis.

 

docentes

____

Ronaldo Guilherme Gurgel Pereira, Doutor em Egiptologia pela Universidade de Basileia, Suíça. Post-Doc (FCT), CHAM/FCSH – Universidade Nova de Lisboa. Onassis Fellow (Universidade do Egeu (Rodes). Investigador Contratado (CHAM/FCSH, Universidade Nova de Lisboa) – projeto de investigação subordinado à temática da expansão fenícia no Sudoeste Ibérico e os amuletos egípcios e egipcianizantes trazidos por eles (sécs. VIII – V aC).

  • Centro Luís Krus – Formação ao Longo da Vida
  • Cursos de ANO NOVO (CAN)

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer