20
Jul
Data: 20 a 29 Jul
Horário: 20, 23, 26, e 28 de julho das 15h00 às 18h00 | 29 de julho das 14h00 às 18h00
Duração: 25h | 2 ECTS
Morada: NOVA FCSH |
Área: Educação e Ensino
Docente responsável: Susana Duarte Martins
Docente: Olga Heitor
Docente: Sílvia Barbosa
Acreditação pelo CCPFC: Não
Ensino Presencial
Ensino Presencial (Se as condições sanitárias permitirem)

 

Objetivos

____

O dicionário ocupa um lugar de destaque no ensino de línguas. Trata-se de um recurso potenciador do desenvolvimento de conhecimentos lexicais, que pode contribuir para uma maior dinâmica em sala de aula, com reflexos em termos de competências de compreensão e expressão escrita e oral, mas também do alargamento do conhecimento do mundo. Neste sentido, este curso tem como objetivos:

  • Adquirir conhecimentos teóricos sobre modelos e tipologias de dicionários;
  • Sensibilizar para as potencialidades do uso do dicionário no contexto do ensino e aprendizagem de língua materna e estrangeira;
  • Utilizar metodologias de análise e tratamento de dados lexicográficos para a construção de recursos linguísticos.

 

Programa

____

  • Dicionário de língua geral, de aprendizagem, para fins específicos;
  • Elementos lexiculturais, neologismos e empréstimos linguísticos;
  • Definição: teorias e métodos;
  • Lexicografia de aprendizagem e dicionários;
  • O dicionário no contexto da abordagem lexical no ensino de línguas;
  • Conceção de um recurso linguístico a partir de ferramentas digitais.

 

Bibliografia

____

  • BÁRCENA, Elena, Timothy READ e Jorge ARÚS (eds.) (2014). Languages for Specific Purposes in the Digital Era, vol. 19, Nova Iorque, Dordrecht, Londres: Springer. 
  • FUERTES-OLIVERA, Pedro (ed.) (2018). The Routledge Handbook of Lexicography, Londres, Nova Iorque: Routledge.
  • JACKSON, Howard (ed.) (2013). The Bloomsbury Companion to Lexicography, Londres, Nova Iorque: Bloomsbury.
  • LEWIS, Michael (1997). Implementing the Lexical Approach – Putting Theory into Practice, Hampshire: Heinle Cengage Learning.
  • LINO, Teresa e Jean PRUVOST (dir.) (2003). Mots et lexiculture, Paris: Honoré Champion.

 

PROPINA

____

Ver tabela em informações úteis

 

docentes

____

Olga Heitor é Doutoranda em Didática das Línguas, com especialização em Português Língua Estrangeira, pela Universidade Aberta/NOVA FCSH. Mestre em Linguística, na área da Lexicologia, Lexicografia e Terminologia, pela NOVA FCSH. Licenciada em Linguística, com o Ramo de Formação Educacional em Português Língua Materna e Não Materna na mesma Faculdade. Desde 1999 tem exercido funções docentes de Português Língua Estrangeira na NOVA FCSH. É representante do LAPE 4004 na avaliação e aplicação de exames CAPLE. É membro da equipa portuguesa de elaboração do Dicionário Bilingue Português Europeu – Árabe Padrão, em colaboração com o Instituto de Estudos Hispano-Lusófonos da Universidade de Rabat. Exerceu funções docentes de português língua materna e não materna (PLNM e PPT) no ensino básico e secundário.

Sílvia Barbosa é Doutoranda na área de especialização de Lexicologia, Lexicografia e Terminologia pela NOVA FCSH com o projeto de doutoramento de uma proposta de dicionário da análise sensorial do vinho, sob orientação das Professoras Doutoras Maria Teresa Lino e Raquel Amaro e do Professor Doutor William Martinez. É membro da equipa portuguesa do projeto do Dicionário Português Europeu – Árabe Padrão desde 2017. Foi bolseira de investigação em diversos projetos, tais como: Corpus de Fala Espontânea em Português Europeu (2006), o Projeto Portal da Língua Portuguesa (2006-2010) onde trabalhou na criação do dicionário de Gentílicos e Topónimos, o Projeto Vocabulário Ortográfico do Português (2009-2010) e o Projeto LUPo (2010-2013).

Susana Duarte Martins é Doutorada em Linguística e investigadora integrada do NOVA CLUNL, é docente de Língua e Cultura Portuguesas para Estrangeiros na NOVA FCSH. Coordena o projeto “TERMVEST – Terminologia do Vestuário: versão Português Europeu”, em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi gestora de um projeto em Linguística numa empresa internacional, com a qual continua a colaborar. Tem desenvolvido trabalho de investigação nas áreas da Lexicologia, Lexicografia e Terminologia, ensino de língua estrangeira e língua para fins específicos, assim como em Fonética e tecnologias “Text-To-Speech”. Além da revisão linguística, possui experiência e formação em escrita criativa, guionismo e jornalismo. Foi docente de Português Língua Materna e não Materna no Ministério da Educação.

  • Centro Luís Krus – Formação ao Longo da Vida
  • Cursos da Escola de Verão (EV)

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer