18
Jan
Data: 18 a 27 Jan
Horário: dias úteis das 10h00 às 13h00 | 27 de janeiro das 10h00 às 14h00
Duração: 25h | 2 ECTS
Área: Comunicação, Política, Linguagem e Filosofia
Docente responsável: Pedro Miguel Alegria Silveira
Docente: João Estevens
Acreditação pelo CCPFC: Não
Ensino a Distância
Este curso vai ser lecionado na modalidade de Ensino a Distância
 

Objetivos

____

Este curso prático visa auxiliar alunos de mestrado a realizar uma excelente dissertação, chamando a atenção para quatro elementos fundamentais: a estrutura; a forma; a metodologia; e o processo. Em cada um serão fornecidos exemplos de problemas e erros comuns bem como técnicas e dicas concretas para os resolver e evitar. Quantos capítulos deve ter? Como evitar bloqueios de escrita? Quais as principais preocupações metodológicas? O que é fundamental saber sobre o dia da defesa? O curso funciona como um guia concreto que ajudará os formandos a evitar erros e a melhorar substancialmente a sua dissertação. Com um enfoque particular na vasta área de Estudos Políticos, pode ser útil a qualquer aluno inscrito num mestrado em Ciências Sociais.

 

Programa

____

Sessão 1

Introdução: o que é uma (boa) dissertação de mestrado.

Sessão 2

Questões estruturais: resumo, capítulos, coerência interna.

Sessão 3

Questões formais: escrita, fontes, plágio.

Sessão 4

Questões metodológicas: problematização, métodos e técnicas.

Sessão 5

Questões processuais: a orientação, a compatibilização da vida profissional-pessoal-académica, a defesa pública.

Sessão 6

Discussão de casos práticos*

Sessão 7

Discussão de casos práticos*

Sessão 8

Discussão de casos práticos*

*Estas sessões contarão com a participação de diversos convidados, que apresentarão e discutirão as suas dissertações de mestrado (em diferentes áreas dos Estudos Políticos), tendo em conta os conteúdos do curso.

 

Bibliografia

____

  • Bell, J. (1997). Como realizar um projecto de investigação. Lisboa: Gradiva
  • Mesquita, A.; Correia, A. M. R. (2014). Mestrados & Doutoramentos: estratégias para a elaboração de trabalhos científicos. 2ª ed.
    Lisboa: Vida Económica
  • Parija, S. C.; Kate, V. (Eds.). (2018). Thesis Writing for Master’s and Ph.D. Program. Singapore: Springer
  • Peck, J.; Coyle, M. (Eds.). (2012). The Student’s Guide to Writing: Spelling, Punctuation and Grammar. 3ª Edição. Basingstoke e Nova Iorque: Palgrave
  • Rugg, G.; Petre, M. (2006). A gentle guide to research methods. Nova Iorque: McGraw-Hill Education

 

PROPINA

____

Ver tabela em Informações úteis.

 

docentes

____

João Estevens é investigador em ciências sociais. Tem desenvolvido investigação nas áreas da demografia política, das informações estratégicas, dos estudos de segurança, das teorias da democracia e dos estudos sociais de ciência. Doutorando no IPRI NOVA (grupo de investigação ‘Democracia e Governance’), onde se encontra a terminar o doutoramento em Estudos sobre a Globalização, com uma tese dedicada à construção do poder punitivo em sociedades democráticas. Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais (NOVA|FCSH). Licenciado em Economia (NOVA SBE) e em Ciência Política e Relações Internacionais (NOVA|FCSH). É também pós-graduado em Programação e Gestão Cultural (ECATI-ULHT) e em Gestão de Informações e Segurança (NOVA IMS, SIRP, IDN). Colaborou em diferentes projetos de investigação e é, atualmente, bolseiro de investigação no ICS-ULisboa, fazendo parte do grupo de investigação ‘Ambiente, Território e Sociedade’.

Pedro Silveira é doutorado em Ciência Política pela Universidade Nova de Lisboa. Licenciado e mestre em Ciência Política e Relações internacionais pela mesma universidade, é ainda licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa. Atualmente é docente na Universidade da Beira Interior, na Universidade Nova de Lisboa e no ISCTE-IUL. Investigador do IPRI-NOVA, os seus interesses de investigação visam as elites políticas, o governo e a liderança política, bem como as metodologias de ensino e de análise política.

  • Centro Luís Krus – Formação ao Longo da Vida
  • Cursos de ANO NOVO (CAN)

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer