25
Jan
Data: 25 Jan a 4 Fev
Horário: segunda a quinta-feira das 18h00 às 21h00 | 4 de fevereiro das 17h30 às 21h30
Duração: 25h | 2 ECTS
Área: Comunicação, Política, Linguagem e Filosofia
Docente responsável: Pietro Gori
Docente: Paolo Stellino
Docente: Pietro Gori
Acreditação pelo CCPFC: Sim - Formação geral e adequada (dimensão científica e pedagógica): Professores dos grupos 410.
Ensino a Distância
Este curso vai ser lecionado na modalidade de Ensino a Distância

 

Objetivos

____

O curso propõe-se oferecer uma abordagem introdutiva ao pensamento tardio do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, através da leitura de um dos seus textos principais. O objetivo é, em primeiro lugar, aprofundar as questões que Nietzsche elabora no curso da sua atividade e que representam tapas fundamentais do pensamento contemporâneo ocidental. Em segundo lugar, serão tratadas questões relativas à metodologia de estudo e análise de textos filosóficos.

 

Programa

____

A atividade principal do curso consistirá numa introdução ao pensamento de Friedrich Nietzsche a partir da leitura pormenorizada do Crepúsculo dos Ídolos. Esse livro foi definido por Nietzsche como uma coleção das suas “heterodoxias filosóficas” e, nas suas intenções, devia ter sido uma introdução ao projeto filosófico e editorial da “Transvaloração dos valores”. De facto, neste texto Nietzsche esboça um percurso intelectual através das suas ideias fundamentais, a partir da figura de Sócrates e do modelo racionalista que afetou profundamente o pensamento metafísico ocidental, passando pela crítica à moral do cristianismo, pela diagnose do tipo humano produto por essa moral (o decadént), e pelas figuras antropológicas que podem ser encontradas no espaço cultural da Europa contemporânea. Objetivo de Nietzsche é mostrar como as ideias niilistas determinaram uma viragem degenerativa no espírito do homem ocidental, imaginando que é possível um percurso de recuperação através daquilo que Nietzsche chama o “pensamento trágico” dos gregos antigos. As primeiras aulas do curso serão dedicadas à génese do Crepúsculo dos Ídolos, prestando particularmente atenção ao projeto filosófico que Nietzsche quis desenvolver durante os anos 1887-1888 e ao contexto intelectual do seu pensamento maduro. As aulas seguintes focar-se-ão sobre o conteúdo do texto de 1888 para evidenciar as ideias filosóficas mais relevantes do Nietzsche tardio. O Crepúsculo dos Ídolos permite, efetivamente, abordar os principais assuntos da filosofia de Nietzsche, nos quais ética, estética e epistemologia manifestam a sua interligação.

 

Bibliografia

____

  • F. Nietzsche, Crepúsculo dos ídolos, Lisboa: Edições 70
  • P. Gori (org.), Introdução a Nietzsche, Lisboa: Tinta da China (em preparação), capítulos 2 e 4.
  • P. Gori, “Vontade do nada e vontade da verdade. Uma reflexão sobre o realismo de Nietzsche”, Estudos Nietzsche 11/1 (2020), pp. 8-22.
  • P. Stellino, “Projetivismo dos valores em Nietzsche”, Cadernos Nietzsche 38/3 (2017), pp. 259-271.
  • P. Gori e P. Stellino, “O perspectivismo moral nietzschiano”, Cadernos Nietzsche 34/1 (2014), pp. 101-129.

 

PROPINA

____

Ver tabela em Informações úteis.

 

docentes

____

Paolo Stellino é investigador do Instituto de Filosofia da NOVA|FCSH. As suas áreas de interesse são a história da filosofia, a ética e a filosofia do cinema. Atualmente é responsável pelo curso de Filosofia e Cinema (Mestrado em Estética e Estudos Artísticos). É membro de vários grupos de investigação internacionais. É autor dos livros “Nietzsche and Dostoevsky: On the Verge of Nihilism” (Peter Lang, 2015) e “Philosophical Perspectives on Suicide: Kant, Schopenhauer, Nietzsche, and Wittgenstein” (Palgrave, 2021), e co-editor de vários livros, entre os quais “Nietzsche et le relativisme” (Ousia, 2019). Tem publicado vários artigos em livros e em revistas internacionais. Curriculum vitae completo: http://fcsh-unl.academia.edu/PaoloStellino/CurriculumVitae.

Pietro Gori é investigador no Instituto de Filosofia da NOVA|FCSH, onde dirige o “Grupo de Estudos sobre Nietzsche”. Na mesma universidade, Gori é também professor auxiliar convidado pelos cursos de Filosofia das Ciências e Filosofia do Conhecimento. O seu trabalho académico concentra-se sobre o pensamento filosófico moderno e contemporâneo, com particular interesse nos contributos de Friedrich Nietzsche e de William James ao tema da verdade, desenvolvido por esses autores num sentido ético e antropológico. Além disso, os seus estudos são dedicados à epistemologia de Ernst Mach e ao seu impacto na história da cultura do século XX. O resultado das suas pesquisas foi publicado em revistas e coleções de ensaios internacionais e vários estudos monográficos, entre os quais destaca-se “Nietzsche’s Pragmatism. A Study on Perspectival Thought” (De Gruyter 2019). Atualmente, Pietro Gori está a organizar o volume “Introdução a Nietzsche” (Tinta da China). Curriculum vitae completo: http://fcsh-unl.academia.edu/pietrogori/CurriculumVitae.

  • Centro Luís Krus – Formação ao Longo da Vida
  • Cursos de ANO NOVO (CAN)

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer