Coleção



Volume ArTravel VII (Disponível em breve)

Pintura Colonial Contemporânea. Da Solidão da Metrópole a um Horizonte de Possibilidades
Autor: Maria João Castro
Editora: ArTravel
Cofinanciamento: CHAM
Coleção: ArTravel
Ano: 2021
ISBN: 978-989-53054-1-4

O volume que se apresenta tem por objetivo articular a relação da arte colonial portuguesa com o poder político, nomeadamente no que concerne à pintura no contexto contemporâneo. A subtileza de sugestões e a complexidade de relações que derivam do poder da arte, e da arte do poder, faz com que a história da viagem da arte ultramarina não seja uma narrativa unívoca mas um conjunto de produções heterogéneas, e inter relacionais que, de modos diversos, emergiram quer da metrópole quer das províncias d’além mar. Daí que Pintura Colonial Contemporânea parta Da Solidão da Metrópole a um Horizonte de Possibilidades, no âmbito do torna viagem colonial, numa genealogia híbrida que se estruturou e desenvolveu em espelhos antonímicos, nos quais cada uma delas — arte e viagem — precisou da outra para se definir.


Volume ArTravel VI (Publicado)

Fragmentos da Viagem na Obra de Julião Sarmento
Coordenação: Maria João Castro
Editora: ArTravel
Cofinanciamento: CHAM
Coleção: ArTravel
Ano: 2020
ISBN: 978-989-99719-6-7

A obra plástica de Julião Sarmento tem vindo a definir-se a partir de vários pontos de realidade, fragmentos, que constituem, coordenadas de uma mundividência em constante movimento, em viagem. Nesse sentido, o seu trabalho reflete um percurso autoral plurifacetado que cruza olhares numa dinâmica de indiscutível contemporaneidade. A partir de uma reflexão assente na relação dual da Arte com a Viagem, o volume apresenta-se como uma proposta de leitura transversal à criação artística de Julião Sarmento, reunindo uma coleção de ensaios de diferentes especialistas e distintas perspetivas que confluem para um olhar plural profundamente atual.



Volume ArTravel V (Publicado)

Império e Turismo. Antologia de Ensaios
Coordenação: Maria João Castro
Editora: ArTravel
Cofinanciamento: CHAM
Coleção: ArTravel
Ano: 2019
ISBN: 978-989-99719-2-9

Império e Turismo parte da necessidade de refletir sobre o modo como a deslocação entre a metrópole e as ex-colónias inspirou o desenvolvimento de um turismo colonial que se desenvolveu em múltiplas e distintas vertentes. É que a “Era dos Impérios” foi a impulsionadora incontornável do desenvolvimento do turismo passando de um fenómeno maioritariamente europeu para um global. Partindo da crescente visibilidade do tema a nível internacional, e enquadrando-se o programa numa matriz sedimentada na História da Arte Contemporânea que tem em conta as especificidades da cultura nacional, propõe-se refletir sobre a triangulação Viagem – Turismo Colonial – Cultura, feita não só a partir do contexto geopolítico europeu mas igualmente de perspetivas de uma mundivência autoral.

Edição multilingue

Abstracts & Bio



Volume ArTravel IV (à venda em livrarias)

Arte e Viagem na obra (Pós-)Colonial de José de Guimarães
Coordenação: Maria João Castro
Editora: Caleidoscópio
Cofinanciamento: FCT
Coleção: ArTravel
Ano: 2018
ISBN: 978-989-658-510-5

O volume antológico teve por base a Conferência Cruzamentos da Arte e da Viagem (Pós-) Colonial na Obra de José de Guimarães realizada a 12 de abril de 2018 na Fundação Calouste Gulbenkian, e contém os textos de José-Augusto França, Eduardo Lourenço, Cláudia Ribeiro, Cristina Azevedo Tavares, Emília Ferreira, Jorge Silva Melo, Maria João Castro, Nuno Faria, Nuno Júdice, Ramon Sarró, Raquel Henriques da Silva, e José de Guimarães bem como reproduções das obras enunciadas.
Prefácio de José-Augusto França

Edição bilingue


Volume ArTravel III (publicado)

Império e Arte Colonial. Antologia de ensaios
Coordenação: Maria João Castro
Edição: ArTravel
Cofinanciamento: CHAM-FCT
Coleção: ArTravel
Ano: 2017
ISBN: 978-989-99719-1-2

A Antologia Crítica de Ensaios inter-artes, resulta do Colóquio Internacional Império e Arte Colonial realizado nos dias 6 e 7 de Abril de 2017 com apoio do CHAM, evento esse organizado por grandes temas estruturantes dos impérios coloniais, e que se propõe ser um dos pontos de partida possíveis para desenvolver projetos/estudos de natureza inter ou multidisciplinar e transnacional, cruzando fontes e metodologias (História, Etnografia e Antropologia, Literatura, Sociologia, Estudos Culturais, Arqueologia, Património, Ciência Política e Cultura Visual) de diversa ordem: daí o seu interesse não apenas como instrumento de divulgação, mas também como recurso útil para a investigação científica avançada.

Edição multilingue

Abstracts & Bio




Volume ArTravel II (à venda em livrarias)

Zanzibar. Arte de um (Re) Encontro
Autora: Maria João Castro
Editora: Caleidoscópio
Coleção: ArTravel
Ano: 2016
ISBN: 978-989-658-374-3

Zanzibar. Arte de um (Re) Encontro propõe um (Re) encontro que recupera a genealogia iniciada há 500 anos entre a pérola do Índico e Portugal, desta vez tendo por enfoque a herança cultural-artística lusitana em solo zanzibarense. O volume pretende fazer confluir o rigor da investigação histórica com uma certa leveza poética, abrangendo um público para além da comunidade científica mas que se interessa pelo legado português no mundo global de que fomos co-fundadores.
Prefácio de Eduardo Lourenço.
edição em inglês disponível

Imprensa
Jornal de Letras (n.1227)



Volume ArTravel I (publicado)

Pensamento e Escritos (Pós) Coloniais
Coordenação: Maria João Castro
Edição: ArTravel - CHAM/Húmus
Cofinanciamento: CHAM-FCT
Coleção: ArTravel
Ano: 2017
ISBN: 978-989-99719-0-5

O volume resulta da Conferência Pensamento e Escritos (Pós-) Coloniais que teve lugar no dia 20 de abril de 2016 na FCSH-UNL, e contém os textos de Adriano Moreira, Eduardo Lourenço, Helder Macedo e José-Augusto França, bem como a súmula do debate subsequente. Nomes incontornáveis nas áreas da política, ensaio, literatura e história da arte, os quatro autores pensaram e escreveram sobre o colonialismo português, triangulando a reflexão arte/política/império num testemunho singular de olhares que se cruzam e articulam entre si.

Edição bilingue


Imprensa
Jornal de Letras (n.1214)