Pragas nos Periódicos

Meio de impedir o desenvolvimento da moléstia dos batatais

Dublin Core

Título

Meio de impedir o desenvolvimento da moléstia dos batatais

Criador

S/autor

Fonte

O Bejense, Ano VIII, nº 358, p. 3.

Data

02-11-1867

Colaborador

Leonardo Aboim Pires

Text Item Type Metadata

Text

Um correspondente do J. de A. Prática diz:

«A experiência de 12 anos me convenceu que a moléstia nas batatas é filha das chuvas e frios de Maio, em que o tubérculo começa a desenvolver-se e está muito tenrinho, e por isso mudei a sementeira para o mês de Abril, de 15 por diante e em terra bem surribada, ou pelo menos cavada ou lavrada bem funda: tenho em resultado, há 5 anos, ter magníficas batatas. Este ano tive batatas que pesavam, as maiores, cada uma de 2 kilos para cima. Os meus vizinhos que semearam cedo viram perder-se-lhe quási completamente os seus batatais enquanto que eu tirava magnífico resultado dos meus.»

Ficheiros

Colecção

Citação

S/autor, “Meio de impedir o desenvolvimento da moléstia dos batatais”. In O Bejense, Ano VIII, nº 358, p. 3., 02-11-1867. Disponibilizado por: Pragas nos Periódicos, acedido 23 de Agosto de 2019, http://www.fcsh.unl.pt/pragasnosperiodicos/items/show/1600.

Geolocalização