Acções do Documento

Rui Vieira Nery guia-nos em sábados de viagens pelo fado

O musicólogo, professor na NOVA FCSH, inicia um novo ciclo de palestras a 10 de fevereiro no Museu do Fado, em Lisboa.

Rui Vieira Nery, que recentemente recebeu o Prémio Universidade de Coimbra, inicia um ciclo de palestras intitulado 'Viagens pelo Fado' no próximo dia 10 de fevereiro. As sessões decorrerão no Museu do Fado, em Lisboa, sempre ao sábado às 17h30. Terminam a 3 de março.

De acordo com uma nota divulgada pelo museu, o professor da NOVA FCSH irá falar sobre a evolução deste género musical desde "a Lisboa oitocentista à atualidade, dos bairros castiços às grandes salas de concerto em todo o mundo".

Na informação enviada à imprensa, o Fado é descrito como resultante "de um processo de fusão multicultural que envolve as mais variadas influências, das danças afro-brasileiras às tradições vindas de zonas rurais, passando pelos padrões cosmopolitas da época" que aconteceu no século XIX.

As palestras promoverão ainda a reflexão sobre a disseminação do Fado pelo mundo e da sua evolução como símbolo internacional da cultura e identidades portuguesas: "Inicialmente por via da emigração, depois através dos circuitos de ‘world music’".

Rui Vieira Nery é docente e investigador na NOVA FCSH e diretor do Programa Gulbenkian de Língua e Cultura Portuguesas, da Fundação Gulbenkian. Foi um dos responsáveis pela candidatura vencedora do Fado à Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade, da UNESCO, tendo presidido à sua Comissão Científica.

2018-02-02 11:55
Topo da Página
classificado em: ,