Acções do Documento

NOVA FCSH discute cultura mexicana

“Jornada México extramuros” dá a conhecer as realidades multiculturais mexicanas numa perspetiva histórica e interdisciplinar. Dia 9 de maio na sala Multiusos 2.

Esta jornada visa abordar os muros como divisão do espaço na América e enquanto construção de fronteiras ideológicas e físicas. Procura também o diálogo entre as diferentes comunidades: a científica dos investigadores, a artística dos bailarinos e a acadêmica dos estudantes da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.

Edith Ramírez, cônsul do México, será uma das convidadas do encontro onde se pretende refletir sobre a representação dos mexicanos nos Estados Unidos, as relações entre mitologia e arte na plástica asteca, a expressão da herança cultural através da dança folclórica, o neoliberalismo e a realidade indígena das novas gerações e a diversidade linguística do país.

A iniciativa, que terá lugar na quinta-feira, dia 9 de maio, das 9h15 às 17h na sala Multiusos 2 do Edifício ID (piso 4º), prentende ainda levar até aos alunos questões políticas e artísticas do México contemporâneo, destacando o seu dinamismo cultural como o maior país hispano-falante. Vão também ser abordadas questões políticas, ideológicas e sociológicas em relação a fronteira entre a América anglosaxona e a América hispânica, aproximando a comunidade de estudantes às práticas artísticas vinculadas a dança, a pintura e a escultura.

Nesta actividade, contamos com a participação dos seguintes oradores: Patricia Saldarriaga (Middlebury College. USA – CHAM), Armando Aguilar de León (CHAM), grupo folclórico Alebrije (México-Portugal), Andrea Bagnoli (NOVA FCSH), Pedro Abrantes (UA-Ministério da Educação) e Iván Salgado (Red Global MX Capítulo Portugal).

Consulte o programa!

2019-04-08 12:35
Topo da Página