Acções do Documento

Lisbon Walks: Uma outra forma de andar pela cidade

Universidade NOVA organiza quatro visitas guiadas para conhecer a capital em facetas diferentes das do quotidiano.
Lisbon Walks: Uma outra forma de andar pela cidade

Fotografia: Robenson Gassant / Unsplash

A iniciativa chama-se Lisbon Walks e parte dos Serviços de Ação Social da NOVA. Tem como objetivo dar a conhecer, num passeio, "uma cidade diferente daquela que vemos no dia-a-dia".

Estes passeios, que acontecerão quatro vezes durante o segundo semestre, terão lugar ao sábado e uma duração de três horas, sendo acompanhados pela historiadora Ana Pinto, investigadora da NOVA FCSH. A participação, para elementos da comunidade NOVA, tem o custo de cinco euros.

Fique a conhecer os temas dos vários passeios e inscreva-se aqui!

Lisboa Príncipe Real: do Iluminismo aos tempos Românticos | 30 de março, 14h

Esta é uma visita à história de Lisboa do tempo do Iluminismo, do século XVIII, ao Romantismo do século XIX. Partindo da herança patrimonial, serão observados os testemunhos do progresso material, os vestígios de novas estéticas emergentes, e as evidências de novas sociabilidades. A visita será centrada no Príncipe Real, hoje um dos bairros mais cosmopolitas da cidade.

Começará na “Mãe de Água”, herança por excelência de políticas de melhoramento do espaço urbano; passará pelo Museu de História Natural, fruto do investimento no conhecimento e dos seus impactos culturais; prosseguirá pela Praça Príncipe Real, morada das várias estéticas que floresceram no Romantismo; e, terminará na Av. Da Liberdade, outrora lugar do Passeio Público, espaço lúdico e de encontro social no século XIX.

Cristianismo em Lisboa: Impulsionadores, diálogos e rupturas | 6 de abril, 14h

Como é que Lisboa se tornou cristã? Como é que o Cristianismo influenciou a história de Lisboa e o seu desenvolvimento social e económico? De que forma o espaço urbano reflete o impacto do Cristianismo? Como se ajustaram as várias religiões na cidade?

Esta visita começa com uma reflexão sobre o impacto do Cristianismo, partindo da leitura de duas obras-primas que se encontram em exposição em Lisboa: os Painéis de S. Vicente de Fora e os Biombos de Nanbam (no Museu de Arte Antiga). De seguida, os visitantes irão de elétrico até ao Terreiro do Paço, onde se explorará o diálogo entre as autoridades de Lisboa, o Cristianismo e as outras religiões através da seleção de monumentos históricos.

Lisboa como cidade do mundo | 4 de maio, 14h

No século XVI, Lisboa era uma das mais importantes cidades do mundo. Esta visita centra-se no bairro de Belém e passa em revista o património comemorativo de Lisboa como cidade global. Falar-se-á do rio Tejo, entrada principal do mundo em Lisboa e observar-se-à a herança de Belém: símbolo do poder e da glória de Lisboa, testemunho duma economia global, lugar de histórias interligadas, e local dos melhores exemplares preservados do Manuelino, estilo decorativo genuinamente português.

Transformações de uma Lisboa Moderna | 25 de maio, 14h

Nesta visita iremos à descoberta da modernização de Lisboa. O passeio centra-se nas “Avenidas Novas”, onde se exploram as novidades surgidas neste bairro aquando do seu desenho, no final do século XIX, e mais tarde potenciadas pelo Estado Novo, entre 1930 e 1940. Serão ainda tidos em atenção os símbolos do progresso urbano: novas artérias de trânsito, novas técnicas de construção, novas artes decorativas, electrificação, máquinas a vapor, novas formas de entretenimento. Especial atenção será dada aos exemplares marcos da arquitectura, da art nouveau ao chamado novo modernismo.

2019-03-26 11:15
Topo da Página
classificado em: ,