Acções do Documento

Filme do CRIA está no Indie Lisboa

Nascido pela mão de investigadores do Centro em Rede de Investigação em Antropologia, o documentário “Um Ramadão em Lisboa” estreia no dia 12 de maio, no Cinema São Jorge.

Seis antropólogos da NOVA FCSH revelam “o ambiente do mês do Ramadão em vários momentos, desde o seu começo, cheio de entusiasmo e frenesim, ao cansaço dos últimos dias”, num documentário a apresentar no dia 12 durante o Indie Lisboa. “Um Ramadão em Lisboa”, um filme coletivo realizado por Amaya Sumpsi, Catarina Alves Costa, Carlos Lima, Joana Lucas, Raquel Carvalheira e Teresa Costa, investigadores do CRIA da área da antropologia visual e estudos árabes e islâmicos, “segue personagens pelas suas ruas, pelas suas paisagens e pelos seus mundos” para revelar como os muçulmanos vivem esse mês sagrado, neste caso inseridos um contexto cultural onde ele “não é uma prática comum nem maioritária”.

Segundo Joana Lucas, os protagonistas são, entre outros, “um marroquino, uma mulher do Bangladesh, uma família de refugiados da Síria ou um rapaz guineense” filmados quando, em cumprimento de 30 dias de jejum, do nascer ao por do sol, a comunidade muçulmana não pode ingerir alimentos ou água. Aos realizadores interessou a forma “como a investigação pode ser traduzida em imagens e, a partir desse momento, chegar a outros públicos que não apenas o académico”, completa a investigadora.

"Um Ramadão em Lisboa" conta com o apoio da NOVA FCSH, Câmara Municipal de Lisboa, da EGEAC e do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA).

2019-05-07 12:05
Topo da Página
classificado em: