Acções do Documento

Práticas Artísticas para a Eliminação da Violência contra as Mulheres

Exposição de arte no ID exibe o resultado do diálogo entre a academia e a comunidade no contexto da prevenção e combate à violência contra as mulheres. Veja as fotos!

Está patente, até 8 de abril no Edifício ID, a exposição “Do Silenciamento à Reação: Práticas Artísticas para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres”. Centrada no fenómeno da violência contra as mulheres, a mostra reveste-se na forma de vídeos, desenhos, instalações, cartazes, performances e oficinas pontuais, entre várias outras práticas artísticas.

Veja as fotos!

A violência contra as mulheres é um flagelo de saúde pública considerada pela comunidade internacional, nomeadamente o Conselho da Europa, a União Europeia e a Organização das Nações Unidas, como um impedimento do exercício dos direitos humanos fundamentais das vítimas de violência. Nesse sentido, considera-se que a intervenção das instituições de ensino, numa perspetiva multidisciplinar e em rede, é fundamental para combater e prevenir este tipo de atos.

Sabendo que esse tipo de violência é fruto de uma organização social hierarquizada, na qual as mulheres, e também as crianças e os jovens, têm uma posição subalterna, um grupo de docentes e investigadores/as do Departamento de Artes Visuais e Design da Escola de Artes (DAVD/EA) e do Observatório Nacional da Violência e Género/Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais (ONVG/CICS.NOVA) da FCSH/NOVA traçou um projeto artístico com o objetivo de melhorar a resposta ao fenómeno da violência, agora exibido na Faculdade.

Esta iniciativa é parte integrante das atividades destas instituições, não só no plano da investigação e da difusão dos resultados, como do impacto que estes possam ter na sociedade envolvente.

2017-03-01 10:55
Topo da Página