Acções do Documento

No Coração do Mundo: Ciências em Rede num Mundo Global

7 e 8 de maio na Gulbenkian – Noam Chomsky, Daniel Innerarity e Alcir Pécora são oradores em congresso sobre o papel das ciências sociais e humanas.

“No Coração do Mundo: Ciências em Rede num Mundo Global” é um congresso co-organizado pela FCSH/NOVA onde se propõe uma reflexão sobre o significado e o papel das ciências sociais e das humanidades no contexto geral da sociedade e do conhecimento. O evento, que terá lugar de 7 a 8 de maio na Fundação Calouste Gulbenkian, conta com a participação de destacados nomes da ciência como Noam Chomsky, Daniel Innerarity e Alcir Pécora.

Todas as áreas do saber são essenciais à criatividade e à realização individual e coletiva. Sendo notável o avanço científico que tem caracterizado os últimos séculos e inestimável a contribuição da investigação básica e aplicada das ciências físicas e biológicas para a melhoria do bem-estar social, importa compreender que a contribuição das ciências sociais e humanas está também no âmago desta melhoria, sendo por isso relevante dedicar-lhes mais recursos em investigação e formação.

O congresso propõe quatro abordagens dedicadas à reflexão e ao debate sobre o Mundo Global que habitamos: Sentir o Mundo, Conhecer o Mundo, Pensar o Mundo, Governar o Mundo. Cada um desses temas será introduzido por um conferencista, seguindo-se uma sessão, em mesa redonda, que reúne especialistas e cientistas de áreas disciplinares diferentes, aos quais se solicita que apresentem a sua perspetiva sobre o tema proposto.

A intenção é, a partir das contribuições das diversas áreas disciplinares, refletir conjuntamente sobre cada um desses temas, ilustrando a complementaridade e enriquecimento mútuo proporcionado por um diálogo transdisciplinar que inclua as ciências sociais e humanas.

O congresso “No Coração do Mundo: Ciências em Rede num Mundo Global” é uma organização conjunta da FCSH/NOVA e das Faculdades de Letras das Universidades de Coimbra, de Lisboa e do Porto. Conta com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação para a Ciência e a Tecnologia e RTP.

Informações adicionais no website do Congresso

2015-04-01 16:40
Topo da Página