Acções do Documento

Exposição “Close Up – Punks not Dead”

20 de novembro a 10 de dezembro – Paulo Moreira, artista plástico, realiza na Torre B uma mostra sobre o apogeu da cultura punk.

Organizado pelo Instituto de História Contemporânea (IHC) em colaboração com a FCT e o Mural Sonoro, Paulo Moreira exibe, no átrio da Torre B, uma mostra onde se assinalm os 40 anos do “movimento punk”. Com o tema “Close Up – Punks not Dead”, a exposição apresenta um conjunto de desenhos, na sua maioria de grandes dimensões, onde se abordam fenómenos da acumulação enquanto elemento processual e linha orientadora de conceitos, tal como as suas ligações ao universo das questões sobre consumo.

A alusão ao «Punk» enquanto fenómeno cultural e político inspira uma reflexão sobre as heranças deste movimento, a sua influência no âmbito social e estético, que na sua emergência (década de 1970) se enredava pela acção e postura contra determinado establishment e o emergir de uma nova modernidade.

Terá morrido esse rastilho que desencadeou a pólvora deste e outros movimentos na cultura popular do século XX, da música ao cinema, da moda às artes plásticas?

Soraia Simões, investigadora do IHC e responsável pelo Mural Sonoro, é a curadora da exposição.

Links úteis sobre o artista:

www.paulomoreirapintor.blogspot.com

www.sindicatodocredo.blogspot.com

Veja o vídeo!

2017-10-17 15:45
Topo da Página