Acções do Documento

Artistas e investigadores partilham experiências em evento internacional

Conferência na NOVA FCSH assinala, de 19 a 21 de setembro, o final do projeto BlackBox. Inscrições abertas.

Criar um espaço de discussão interdisciplinar para todos aqueles que trabalham com Artes Performativas, com especial enfoque na dança contemporânea, é o objetivo da conferência “Dance Data, Cognition, and Multimodal Communication” (DDCMC19). O evento, que terá lugar de 19 a 21 de setembro, marca também o encerramento do projeto BlackBox Arts&Cognition, financiado pelo European Research Council.

A conferência, apontada sobretudo a investigadores das áreas das humanidades, tecnologias de informação e ciências cognitivas, reúne também “artistas contemporâneos”, proporcionando “uma atmosfera criativa e estimulante” onde todos possam partilhar as suas experiências, explica a organização. Em cima da mesa estão “questões relacionadas com comunicação multimodal e cognição, interacção humano-computador, documentação, ferramentas de anotação em vídeo, plataformas colaborativas para a preservação de património cultural, comportamento humano e agencialidade em diferentes tipos de comunicação e suas funções cognitivas, culturais e sociais”.

A conferência DDCMC19, já com inscrições abertas, vai contar com os oradores convidados Angus Forbes, professor no Computational Media Department da Universidade da California - Santa Cruz, onde dirige o “UCSC Creative Coding”, uma equipa interdisciplinar de investigadores e artistas que trabalham sobre interacção e visualização; Emily Cross, professora de Social Robotics e neurocientista social sediada no Institute of Neuroscience and Psychology da Universidade de Glasgow, onde dirige o laboratório “Social Brain in Action”; Bettina Bläsing, professora no Department of Music and Movement in Rehabilitation and Therapy, da Universidade Técnica de Dortmund, e investigadora em diversos projectos sobre cognição e robótica.

O BlackBox Arts&Cognition é um projecto com a duração de 5 anos sediado na NOVA FCSH financiado pelo European Research Council. O seu objectivo é analisar as estruturas conceptuais específicas de criadores na área das artes performativas, cruzando as abordagens empíricas de artistas contemporâneos com teorias da comunicação multimodal (interacção humana, estudo dos gestos, ciências cognitivas), estudos da performance e tecnologias de visualização de dados. O projecto pretende documentar e divulgar os processos de composição e de tomada de decisão em performances artísticas, baseando-se em casos específicos de três coreógrafos contemporâneos: João Fiadeiro, Rui Lopes Graça e Sylvia Rijmer.

2019-04-29 16:45
Topo da Página
classificado em: