Acções do Documento

Antropologia da comunicação de massa no Brasil - experiências de campo

11 de outubro - Conferência analisa a antropologia dos media e da comunicação no Brasil, comparando com Portugal.

Partindo de uma discussão alargada sobre os media e a comunicação como área de interesse da antropologia desde meados da década de 90, a conferência “Antropologia da comunicação de massa no Brasil - experiências de campo” pretende discutir as suas diferentes formas de implementação em termos académicos, estabelecendo uma análise comparativa entre a experiência brasileira e portuguesa.

A oradora principal, Isabel Travancas (UFRJ-UOC) irá começar por discutir porque os meios de comunicação social, ainda que bastante presentes no quotidiano das sociedades complexas, não eram até há pouco tempo investigados pelos antropólogos. Seguidamente, apresentará um breve panorama das pesquisas desenvolvidas no Brasil, incorporando as suas próprias investigações e experiências de campo neste universo de estudos. Falará de jornais e de jornalistas, de receção televisiva e de receção de leitura.

No final, Sónia Ferreira (CRIA/NOVA FCSH; URMIS Paris 7), acentuando a perspetiva comparativa que se pretende atribuir ao evento, fará alguns apontamentos sobre a realidade portuguesa, apresentando um quadro geral sobre a antropologia dos média e da comunicação em Portugal, pontuando a intervenção com exemplos empíricos concretos.

O evento terá lugar no dia 11 de outubro no Auditório 2 da Torre B.

Cartaz

2017-09-29 11:25
Topo da Página
classificado em: