logotipo medievalista

 
   
 
Número 19 | Janeiro – Junho 2016 ISSN 1646-740X
 

logo IEM


TODOS OS NÚMEROS /
PREVIOUS ISSUES


EDIÇÃO / EDITORS

CONSELHO EDITORIAL / ADVISORY BOARD

ARBITRAGEM CIENTÍFICA 2015 / PEER REVIEWING 2015

WEB DESIGNER


CONTACTOS / CONTACTS

INSTRUÇÕES AUTORES /
AUTHOR’S INSTRUCTIONS


REVISTAS INTERNACIONAIS / RELATED PUBLICATIONS

CALL FOR PAPERS


A Revista Medievalista encontra-se incluída:
Latindex
Dialnet
Revues.org
DOAJ
ERIH Plus
SciELO
logo scielo


ISSN 1646-740X

logo FCSH

A Revista Medievalista é um Projecto desenvolvido com o apoio da

fct


 

 

 

 

VII Encontro Internacional sobre Ordens Militares – Entre Deus e o Rei: O mundo das Ordens Militares

 

Luís Filipe Oliveira
Universidade do Algarve, Departamento de História Arqueologia e Património
8005-139 Faro, Portugal
lfolivei@ualg.pt

TEXTO CITAÇÃO imprimir PDF imprimir mail indice
 
 

Data do texto: Outubro de 2015

Entre os dias 14 e 18 de Outubro de 2015, teve lugar em Palmela o VII Encontro Internacional sobre Ordens Militares, organizado pela Câmara Municipal de Palmela, através do Grupo de Estudos sobre a Ordem de Santiago (GESOS). Mais uma vez, e como vem sendo hábito nos últimos encontros, a edição deste ano contou com um elevado número de comunicações (63) e de participantes, a maior parte oriunda dos mais diversos institutos e universidades europeias, desde Espanha à Suécia e da Estónia a Malta, aos quais se juntou uma vintena de investigadores portugueses. Se a projecção internacional do Encontro estava assim assegurada, a presença de tantos investigadores garantia o acesso aos desenvolvimentos historiográficos mais recentes, ao mesmo tempo que permitia uma partilha eficaz de experiências, de perspectivas e de saberes. Deste ponto de vista, foi uma aposta totalmente ganha, apesar dos esforços financeiros que isso certamente exigiu aos organizadores da iniciativa.

Por proposta da comissão científica, constituída desde 2010 e composta por doze investigadores, nacionais (7) e estrangeiros (5), estruturou-se o VII Encontro em seis áreas temáticas — «Arquivos e Memória», «A Formação e a Prática da Guerra», «As Ordens Militares e o Serviço à Coroa», «As Ordens Militares e o Mar», «Em Portugal como lá Fora: A Ordem do Templo em Tempos de Mudança (1274-1314)», e «Arte, Arquitectura e Arqueologia das Ordens Militares». Nalguns destes apartados, em regra coordenados por dois membros da Comissão Científica, retomavam-se temas já consagrados. Foi o caso das secções sobre a actividade militar dos freires e sobre arte, arquitectura e arqueologia, ambas com dados importantes sobre a espiritualidade militar e a vida religiosa nas casas das ordens, ou daquela que abordou o problema do serviço à Coroa e do crescente peso dos monarcas na vida das milícias, e que foi responsável, de resto, pelo subtítulo deste VII Encontro.

As restantes secções apostaram na recuperação e na valorização de temas menos trabalhados e pior conhecidos. Foi esse o caso da secção que lidou com a relação das ordens com o mar e a vida marítima, e que teve o mérito de chamar a atenção para a importância do estudo destes problemas, posto que fosse uma das secções menos participadas, apenas com cinco comunicações. Os arquivos e os processos de construção da memória das ordens, a secção inicial do VII Encontro, contaram com um maior número de colaborações e ofereceram um panorama bastante completo e muito interessante. Abriram, assim, algumas hipóteses de pesquisa, sendo possível que suscitem trabalhos semelhantes, com que se possam colmatar as lacunas da investigação portuguesa nesta matéria. Sem ser maioritária, foi mais numerosa a participação portuguesa na última secção do Encontro, votada aos últimos anos da Ordem do Templo, numa cronologia que resgatava o período de tempo (1274-1314) do estudo de Sylvia Schein sobre os tratados de recuperação da Terra Santa. A centralidade decisiva do Oriente foi, aliás, uma das principais conclusões desta secção, sublinhando-se a necessidade de libertar a história do Templo do quadro nacional em que ela tem sido encerrada e de a olhar, por fim, como parte da história de uma ordem internacional, que sempre teve a sua razão de ser na defesa de Jerusalém e da Terra Santa.

Os trabalhos do VII Encontro encerraram, no dia 18, com uma visita à vila e ao convento de Avis, que contou com a colaboração da Câmara Municipal de Avis. Também foram ocasião para o lançamento do catálogo da exposição sobre a história da Ordem de Santiago — Guerra e Paz. A Ordem de Santiago em Portugal. coord. de D. Gaspar e I. Cristina Fernandes, Lisboa: Museu da Presidência / C. M. de Palmela / Eds Colibri, 2015 — e para a apresentação de três livros: as actas de um colóquio realizado em Lyon, em 2009 — Élites et ordres militaires. Rencontre autour d’Alain Démurger. ed. de Ph. Josserand, L. F. Oliveira, D. Carraz, Madrid: Casa de Velázquez, 2015 —, de um outro celebrado em Tomar, em Outubro de 2014 — Cister e as Ordens Militares na Idade Média: Guerra, Igreja e Vida Religiosa. ed. de J. A. Carreiras e C. de Ayala Martínez, Tomar, 2015 —, e de um terceiro que teve lugar em Palmela, em Dezembro de 2014 — Cristãos contra Muçulmanos na Idade Média peninsular: bases ideológicas e doutrinais de um confronto (Séculos X-XIV). ed. de C. de Ayala Martínez e I. Cristina Fernandes, Lisboa: Eds. Colibri / Universidade Autónoma de Madrid, 2015. O catálogo da exposição foi apresentado por Isabel Cristina Fernandes, tendo sido Carlos de Ayala Martínez quem expôs, em breves sínteses, os aspectos mais relevantes das publicações saídas dos colóquios de Tomar e de Palmela. Na ausência de Damien Carraz, coube a Philippe Josserand e a Luís Filipe Oliveira a apresentação do livro com as actas do colóquio de Lyon, cuja edição já está infelizmente esgotada.

 

florao cinz COMO CITAR ESTE ARTIGO topo home
   
 

Referência electrónica:

OLIVEIRA, Luís Filipe – “VII Encontro Internacional sobre Ordens Militares - Entre Deus e o Rei: O mundo das Ordens Militares”. Medievalista [Em linha]. Nº 19 (Janeiro – Junho 2016). [Consultado dd.mm.aaaa]. Disponível em http://www2.fcsh.unl.pt/iem/medievalista/MEDIEVALISTA19/oliveira1911.html

ISSN 1646-740X

florao cinz   topo home