logotipo medievalista

 
   
 
Número 19 | Janeiro – Junho 2016 ISSN 1646-740X
 

logo IEM


TODOS OS NÚMEROS /
PREVIOUS ISSUES


EDIÇÃO / EDITORS

CONSELHO EDITORIAL / ADVISORY BOARD

ARBITRAGEM CIENTÍFICA 2015 / PEER REVIEWING 2015

WEB DESIGNER


CONTACTOS / CONTACTS

INSTRUÇÕES AUTORES /
AUTHOR’S INSTRUCTIONS


REVISTAS INTERNACIONAIS / RELATED PUBLICATIONS

CALL FOR PAPERS


A Revista Medievalista encontra-se incluída:
Latindex
Dialnet
Revues.org
DOAJ
ERIH Plus
SciELO
logo scielo


ISSN 1646-740X

logo FCSH

A Revista Medievalista é um Projecto desenvolvido com o apoio da

fct


 

 

 

 

Conhecer Manuscritos iluminados da Biblioteca da Ajuda

 

Maria Coutinho
Universidade Nova de Lisboa, Instituto de Estudos Medievais
1069-061 Lisboa, Portugal
maria1coutinho@gmail.com

TEXTO CITAÇÃO imprimir PDF imprimir mail indice
 
 

Data do texto: Novembro de 2015

 

Iniciativa decorrida no passado dia 26 de Setembro, com o propósito de explorar novas formas de intersecção entre a investigação científica, o património e o público.

Realizada em parceria entre a Biblioteca da Ajuda do Palácio Nacional da Ajuda e o Instituto de Estudos Medievais e em colaboração com o Departamento de Conservação e Restauro da FCT e um conjunto de músicos, esta actividade congregou um workshop sobre processos de iluminura, uma visita guiada à biblioteca e um concerto de música medieval.

Acompanhe aqui uma breve reportagem fotográfica.

 

I. Workshop: “Iluminar com luz”

Diversas crianças puderam viver a experiência de reproduzir iluminuras e de preparar as tintas com os materiais usados na oficina medieval. Partindo dos dois manuscritos iluminados em exposição na Biblioteca deliberadamente para esta actividade (Livro de Horas e o Cancioneiro da Ajuda), as crianças foram convidadas a reproduzir motivos das iluminuras em pergaminho, atravessando as diversas fases do processo e sempre acompanhadas de explicações técnicas detalhadas. Não só fizeram o contorno do desenho, como o iluminaram com tintas preparadas no momento a partir de diversos pigmentos, sendo permanentemente esclarecidas quanto à dinâmica geral de produção de um manuscrito medieval (preparação das peles, cortes, encadernação, etc.). O workshop realizou-se sob a tutoria de Rita Castro, Rita Araújo e Paula Nabais, tendo sido todos os materiais disponibilizados pelo Departamento de Conservação e Restauro da FCT.

 

“Iluminar com luz” na Biblioteca do Palácio Nacional da Ajuda

 

Desenhar, fazer os pigmentos, iluminar e compreender o ‘códice medieval’

 

Fazer o contorno de uma iluminura do Cancioneiro da Ajuda

 

Iluminar com lápis lazuli uma folha de acanto

 

Iluminar figuras do Cancioneiro da Ajuda

 

Um trabalho já finalizado

 

Preparação dos pigmentos

 

II. Visita guiada

A visita guiada centrou-se nos dois manuscritos em exposição, o Cancioneiro da Biblioteca da Ajuda e o Livro de Horas, com indicações gerais sobre o propósito e funcionamento da Biblioteca e alguns apontamentos históricos relevantes. Foi introduzida pela investigadora Dra. Ana Raquel Baião Roque, que apresentou brevemente o Cancioneiro e prosseguida pela Bibliotecária Dra. Fátima Gomes, que acrescentou outras informações, falou sobre o Livro de Horas e, mais genericamente, sobre a Biblioteca, contando ainda com intervenções pontuais da Directora da Biblioteca, a Dra. Cristina Pinto Basto.

 

A visita guiada

 

Manuscritos expostos para a ocasião

(Esquerda) Livro de Horas, (séc. XV-XVI), pergaminho iluminado (BA52-XII-38).
(Direita) Cancioneiro da Biblioteca da Ajuda, (1276-1325), pergaminho iluminado.

 

O Cancioneiro da Biblioteca da Ajuda

 

Pode consultar-se o Cancioneiro da Ajuda no site do projecto Littera “Cantigas Medievais Galego-Portuguesas”:http://cantigas.fcsh.unl.pt/cancioneiroajuda.asp

 

III. Concerto de música medieval

A iniciativa terminou com um concerto, beneficiando da acústica da entrada da Biblioteca da Ajuda. O grupo apresentou na voz Ana Raquel Baião e André Sousa Marques; ao piano, Cristiano Duarte; guitarra, Isaías Pires e violino, Henrique Mendes. O conjunto interpretou poesia trovadoresca com arranjos contemporâneos, com a particularidade de introduzir cada cantiga com notas históricas, culturais e literárias de relevo, não sem antes saudar a reintrodução do estudo da Poesia Trovadoresca no Ensino Secundário.

Programa do concerto:
"Amiga, des que meu amigo vi" – Cláudio Carneyro;  
"A dona que eu amo" – Amancio Prada;
"Meu amigo, quando s'ia" – Francisco Lacerda;
"Em lixboa sobre lo mar" – Pedro Barroso;
"Ondas do Mar de Vigo" – Martim Codax;
"Ai flores" – Frederico de Freitas.

 

É possível ouvir as gravações de algumas músicas no canal de youtube de Pedro Teixeira da Mota:
https://www.youtube.com/watch?v=cTMd310RPIU

 

"Em lixboa sobre lo mar", com voz de André Sousa Marques

 

Os instrumentistas Henrique Mendes, Isaías Pires e Cristiano Duarte

 

Ana Raquel Baião, André Sousa Marques, Isaías Pires, Cristiano Duarte e Henrique Mendes.

 

Organização do evento: Cristina Pinto Basto (BA-PNA); Fátima Gomes (BA-PNA); Maria Coutinho (IEM-FCSH/NOVA); Luís Ribeiro (IEM-FCSH/NOVA); Xavier Binnebeke.

Cartaz e programa: http://iem.fcsh.unl.pt/section.aspx?kind=noticia&id=770

 

florao cinz COMO CITAR ESTE ARTIGO topo home
   
 

Referência electrónica:

COUTINHO, Maria – “Conhecer Manuscritos iluminados da Biblioteca da Ajuda”. Medievalista [Em linha]. Nº 19 (Janeiro – Junho 2016). [Consultado dd.mm.aaaa]. Disponível em http://www2.fcsh.unl.pt/iem/medievalista/MEDIEVALISTA19/coutinho1913.html

ISSN 1646-740X

florao cinz   topo home