logotipo medievalista

 
   
 
Número 13 | Janeiro - Junho 2013 ISSN 1646-740X
 

IEM


TODOS OS NÚMEROS /
PREVIOUS ISSUES


EDIÇÃO / EDITORS

CONSELHO EDITORIAL / ADVISORY BOARD

ARBITRAGEM CIENTÍFICA 2012 / PEER REVIEWING 2012

WEB DESIGNER


CONTACTOS / CONTACTS

INSTRUÇÕES AUTORES /
AUTHOR’S INSTRUCTIONS


REVISTAS INTERNACIONAIS / RELATED PUBLICATIONS

CALL FOR PAPERS


A Revista Medievalista encontra-se incluída: LATINDEX (Directório e Enlace);
DIALNET

ISSN 1646-740X

logo FCSH

A Revista Medievalista é um Projecto desenvolvido com o apoio da

fct


 

 


Editorial
Revista Medievalista número 13

 


TEXTOCITAÇÃO imprimir PDF imprimir mail indice
 
 

Este número da Medievalista online mantém o figurino que já vem sendo habitual, com as respectivas secções, procurando um equilíbrio entre a divulgação de investigações originais e um espaço dedicado ao debate entre medievalistas sobre o produto do seu trabalho. Assim, além da publicação de uma conferência de Philippe Walter, proferida na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, no âmbito de um seminário de doutoramento e abordando a relação entre a imagem e o imaginário, são apresentados três artigos com investigação original. O primeiro, de Franklin Pereira, trata do comércio do “couro dourado” entre Córdova e Lisboa, no primeiro quartel do século XVI; um segundo artigo, da autoria de Laura Badescu, analisa provérbios romenos já do século XVIII, mas cujas raízes medievais e a permanência na longa duração podem ser atestadas; o terceiro artigo, de Giulia Rossi Vairo, debruça-se sobre a pessoa e a acção de Manuel Pessanha, almirante-mor de D. Dinis, personalidade sobre a qual passa a incidir uma nova luz.

Mas o presente número da nossa revista dedica também um espaço significativo à reflexão e à produção historiográfica sobre a Idade Média. O Destaque apresenta um ensaio crítico, da autoria de Jaume Aurell, sobre o livro recentemente editado pelo Instituto de Estudos Medievais, The Historiography of Medieval Portugal (c.1950-2010), acerca do balanço do medievismo português entre meados do século XX e a primeira década do XXI. Além da habitual secção de recensões, contemplando temas de história, história de arte e arqueologia, é também dada a conhecer a tese de doutoramento de Filipe Moreira, com sugestivas interpretações acerca da Crónica de 1419. Inclui-se ainda o texto de apresentação pública do mais recente livro de Judite Gonçalves de Freitas, feita por Luís Adão da Fonseca na Feira do Livro do Porto, no passado mês de Junho.

Finalmente, a Medievalista abre as sua páginas ao debate em torno da tese de doutoramento de Rosário Morujão, objecto de recensão no número anterior e a que a Autora agora responde.

No seu oitavo ano de existência, a Medievalista OnLine continua a garantir a regularidade e uma rigorosa periodicidade semestral na sua edição. Apesar das crescentes dificuldades ditadas pelos conhecidos cortes orçamentais nas verbas dos Centros de Investigação – e a que o Instituo de Estudos Medievais também não escapa – a defesa da única publicação científica periódica dedicada aos estudos medievais existente em Portugal, aberta à colaboração de nacionais e estrangeiros, de investigadores consagrados ou daqueles que dão os primeiros passos seguros na via da pesquisa sobre a Idade Média, constitui uma prioridade do nosso Instituto e uma tarefa de todos aqueles que fazem do medievalismo o seu campo de trabalho.

Foi este o caminho que decidimos iniciar em 2005 e que está longe de ter chegado ao fim.

florao cinz COMO CITAR ESTE ARTIGO topo home
   
 

Referência electrónica:

Editorial Revista Medievalista número 13. Medievalista [Em linha]. Nº13,
(Janeiro - Junho 2013). [Consultado dd.mm.aaaa]. Disponível em
http://www2.fcsh.unl.pt/iem/medievalista/MEDIEVALISTA13/editorial1301.html.

ISSN 1646-740X

florao cinz   topo home