Acções do Documento

Ensinar Português: conteúdos, estratégias e materiais (ESGOTADO)

Início: 15 de julho

Objetivos

1. Consolidar conhecimentos fundamentais na área da Gramática e do Texto.

2. Analisar o fenómeno de transposição didática de conteúdos textuais (géneros/tipos/modos) e de conteúdos gramaticais, tendo em conta:

a) estudos teóricos;

b) documentos curriculares (Programas, Dicionário Terminológico).

3. Familiarizar-se com metodologias de ensino de conteúdos gramaticais e de compreensão e produção de textos.

4. Trabalhar materiais didáticos que operacionalizem a aprendizagem de conteúdos gramaticais e a aquisição e o desenvolvimento de capacidades de compreensão e produção textual.

 

Programa

1.Processo de transposição didática – dos estudos teóricos aos documentos curriculares

1.1. Géneros e tipos de texto
1.2. Gramática (classes de palavras, funções sintáticas, coordenação e subordinação)

2. Metodologias de ensino-aprendizagem

2.1. Oficinas de Texto (Educação Literária, Leitura, Escrita)
2.2. Oficinas de Gramática

3. Materiais didáticos – 3.º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário

3.1. Análise de manuais escolares
3.2. Produção de materiais didáticos

 

Pré-Requisitos

Leitura prévia:

Buescu, H. et al. (2014). Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Secundário. Lisboa: Ministério da Educação. http://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Secundario/Documentos/Docentos_Disciplinas_novo /programa_metas_curriculares_portugues_secundario.pdf

Buescu, H. et al. (2015). Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Básico. Lisboa: Ministério da Educação.http://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Basico/Metas/Portugues/pmcpeb_julho_2015.pdf

 

Bibliografia

Coutinho, M. A., C. Tanto & R. Luís (2015). O conhecimento explícito dos textos e da língua. In Formação docente. Textos, teorias e práticas. Campinas, SP: Mercado de Letras, pp. 133-164.

Giasson, J. ([1990]2000). A compreensão na leitura (trad. Maria José Frias). Lisboa: ASA.

Dolz, J. & B. Schneuwly (2004). Gêneros orais e escritos na escola. Campinas, SP: Mercado de Letras.

Duarte, I. (1992). Oficina gramatical: contextos de uso obrigatório do conjuntivo. In Delgado-Martins et alii, Para a Didáctica do Português. Seis estudos de Linguística. Lisboa: Edições Colibri, pp. 165-177.

Jorge, N. & M. A. Coutinho (2017). Percursos (linguísticos) para análise (literária). Palavras, 50-51: 77-87.

___________________________________

Antónia Coutinho é professora associada na NOVA FCSH (Departamento de Linguística), doutorada em Linguística (Teoria do Texto) pela mesma Universidade, coordenadora dos Mestrados em Ensino – português na NOVA FCSH, entre 2012 e 2017, orientadora de relatórios de estágio, teses de mestrado e de doutoramento na área dos estudos linguísticos sobre os textos e os discursos e da didática da língua materna, formadora reconhecida pelo CCPFC (Português/Língua Portuguesa e Linguística).

Noémia Jorge é Investigadora no Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa (CLUNL), doutorada em Linguística (Linguística do Texto e do Discurso) pela mesma Universidade, professora de Português no Ensino Básico e Secundário, autora de gramáticas de Português (Ensino Básico) e de manuais da mesma disciplina (Ensino Básico e Secundário), formadora reconhecida pelo CCPFC (Linguística).

Topo da Página