Acções do Documento

História e Historiografia. Escrita, Correntes, Intencionalidades

1.º semestre

Organização: Departamento de História

Responsável: Maria João Branco

Docente: Francisco José Díaz Marcilla

 

Calendário e horário das sessões:

Início a: 17 de outubro de 2017 | Fim a: 30 de novembro de 2017

Terças-feiras e quintas-feiras das 18h às 20h

 

Temas das Sessões (Programa)

Sessão 1: Introdução. Definições de “Historiografia”, “História”, “Cronologia”, “Correntes historiográficas”. Formas da escrita: crónicas, ensaios, estudos, reflexões. Intencionalidade em história.

Sessão 2: O ofício de historiador: diferenças epistemológicas no objeto de estudo e na análise das fontes. A construição do discurso historiográfico. A divisão clássica das correntes historiográficas.

Sessão 3: As escalas crono-espaciais. O historiador como sujeito social. Ligação à sociedade. A interdisciplinaridade.

Sessão 4: A História Analítica. As fontes escritas como objeto de estudo. O método descritivo. A descrição como narração. Exemplos.

Sessão 5: A História Filosófica. Os conceitos abstratos como objeto. O método indutivo. A explicação como forma. Exemplos.

Sessão 6: A História Antropológica. Os conceitos práticos. O método dedutivo. A interpretação. Exemplos.

Sessão 7: A História Biográfica. O indivíduo como objeto. O método comparativo. Perigos da descrição e da explicação. Exemplos.

Sessão 8: A História Sociológica. Grupo social, rede social, movimento social, mudança social. O método crítico. Exemplos.

Sessão 9: A História Estruturalista. As instituições como objeto. O método quantitativo (usos e abusos). Exemplos.

Sessão 10: A História Fenomenológica. A sincronia nos estudos históricos. Exemplos.

Sessão 11: A História Sequencial. A ação diacrónica como objeto. O método híbrido: formas e problemas. Do micro ao macro. Exemplos.

Sessão 12: A História Produtivista. A Economia como objeto. O império dos dados. Exemplos.

Sessão 13: A História Auto-reflexiva. Os historiadores como objeto. Replantejamento do conhecido. Exemplos.

Sessão 14: Conclusões gerais.

 

Objetivos do Curso

O curso livre proposto pretende atingir quatro objetivos fundamentais, sendo o primeiro favorecer o conhecimento de questões teóricas relativas à História que vão além das tradicionais esquematizações da disciplina. Segundo, fornecer uma visão global dos problemas que o historiador tem, enquanto objeto e sujeito de estudo, no que diz respeito à metodologia e à epistemologia. Terceiro, aproveitar o marco pedagógico do Curso Livre para sublinhar a necessidade de interdisciplinaridade dentro do âmbito das Ciências Sociais e Humanas, valorizando as conexões entre as disciplinas. Quarto, criar um interesse dos alunos e interessados na História sobre questões que normalmente são assumidas, mas poucas vezes analisadas em profundidade.

 

Preçário

Público em geral: 100€ | Associado INATEL/ACP: 80€ | Estudantes NOVA e Alumni FCSH (licenciaturas, mestrados e doutoramentos): 70€ | Estudantes de outras instituições de ensino superior: 80,00€ |

 

Número de créditos (mediante avaliação):

- para estudantes universitários: 1 ECTS - European Credit Transfer and Accumulation System;

 

Regime de Avaliação

  • Frequência (10%) + Exame final (50%) + Trabalho final (40%)

 

Inscrição

Através da ficha de inscrição.

Presencialmente na Divisão Académica – Núcleo de Formação ao Longo da Vida (Piso 1, Torre B).

 

Datas de inscrição

Início a: 1 de setembro de 2017 | Fim a: 15 de outubro de 2017

 

Contactos para informações

Instituto de Estudos Medievais

Telefone/extensão: 1321

Email: e-mail: iem.geral@fcsh.unl.pt

Topo da Página
classificado em: