sleandro@megamail.pt

Nem
recorrendo ao tão afamado “sexto sentido”, a Sandra Leandro esperaria vir a integrar um grupo de investigação que se dedicasse, em exclusivo, aos Estudos sobre a Mulher.

Contudo, ao estudar o domínio das Artes Plásticas e das Artes Decorativas do final do século XIX, foi deparando com alguns percursos de Mulheres Artistas mais interessantes do que um conhecimento superficial faria supor. Foi este facto que despoletou o interesse pelo tema e em conversa comentou-o com a Professora e amiga Arquitecta Elisabeth Évora Nunes, que por sua vez lhe falou deste projecto convidando-a a integrá-lo, o que viria a acontecer em Janeiro de 2000.

Doutorada em História da Arte Contemporânea pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa com a tese Joaquim de Vasconcelos (1849-1936) Historiador, Crítico de Arte e Museólogo, 2008, é mestre em História da Arte Contemporânea (séculos XVIII-XX) pela mesma Universidade, sendo o tema e o título da dissertação Teoria e Crítica de Arte em Portugal (1871-1900), 1999. Obteve bolsa de Mestrado da FCT e foi igualmente apoiada pela mesma instituição no Doutoramento. É licenciada em História, variante de História da Arte, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e estudou durante dois anos na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa.

No domínio da investigação os principais interesses e trabalhos que tem desenvolvido situam-se no campo alargado da Arte Contemporânea nomeadamente na Teoria e Crítica de Arte, Museologia, Desenho Humorístico, Fotografia e Cinema. É membro integrado do Instituto de História da Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e colaboradora do CLEPUL – Centro de Literaturas de Expressão Portuguesa das Universidades de Lisboa.

Integrou o Gabinete de Projectos do Departamento de Extensão Cultural e Científica da Biblioteca Nacional. Coordenou o catálogo Lino António (1898-1974), 1998 de cuja exposição foi comissária. Desde o ano lectivo de 2002/2003 até ao presente organiza na Universidade de Évora os Estados da Forma, seminários de Estudos de Arte que visam facultar o contacto directo com diversos intervenientes do mundo da Arte e promover o debate e a reflexão. Refiram-se, entre outros, alguns trabalhos publicados: Ver num instante: um, meio e multidão. In Joshua Benoliel 1873-1932: repórter fotográfico, Lisboa: Câmara Municipal de Lisboa; Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa, 2005; Como leoas: as senhoras artistas do Grupo do Leão. In Falar de mulheres: história e historiografia. Lisboa: Livros Horizonte, 2008 e Luz sobre luz: José Malhoa (1855-1933). In José Malhoa. Milano; Lisboa: Franco Maria Ricci; ARTing Editores, 2008; O Leão Negro. In Columbano. Lisboa: Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea; Leya, 2010; Para que serve o juízo? Crítica, critério, críticos e artistas no final do século XIX. In Arte portuguesa do século XIX: 1850-1910. Lisboa: Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea; Leya. 2010; Confirmar a tragédia: Soares dos Reis, Desterrado e «tudo»…». In Arte portuguesa do século XIX: 1850-1910. Lisboa: Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea; Leya, 2010; Redes sem mar: 12 Tapeçarias da Manufactura de Tapeçarias de Portalegre; 12 Fotografias e 1 Vídeo da Colecção Millennium bcp. Lisboa: Fundação Millennium bcp, 2010, catálogo da exposição de qual foi comissária no BEI – Luxemburgo; Boa figura, má figura, sem figura: mulheres artistas no tempo da I República (no prelo).

Actualmente lecciona as cadeiras de Estudos de Arte III e IV, Teoria e História do Design I, II, III e IV na Universidade de Évora (UÉ) onde é Professora Auxiliar e a cadeira de Metodologia da Investigação no Mestrado em Design da mesma Universidade e também no Mestrado de Ilustração uma parceria entre a e o ISEC. Ministra ainda parte da cadeira de Contextos Socioculturais Actuais e Discurso Crítico no Doutoramento de Artes Visuais da UÉ. Leccionou também, entre outras, as disciplinas de Comunicação Visual, Estudos do Cinema e do Audiovisual, Teoria da Representação na e Arte e Cultura Contemporânea, e Arte e Cinema no Mestrado de Ciências da Cultura – Cultura Artística, da Escola Superior de Artes Decorativas da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva. É actualmente Directora-Adjunta da Escola de Artes da Universidade de Évora e Directora-Adjunta do Departamento de Artes Visuais e Design da Escola de Artes da Universidade de Évora.

Assim, se “dá a face” profissional numa pesquisa que se quer rigorosa e criativa tentando recuperar e desenhar os rostos das Mulheres Artistas dos séculos XIX a XXI.


Regressar a índice Quem Somos






Página Principal | Quem Somos | Colóquios | Base de Dados | Novidades | Revista | Publicações | Dicionário | Arquivo | Contactos
Copyright Faces de Eva - Centro de Estudos sobre a Mulher - UNL | Desenvolvido por CITI - UNL