FE.CEM-UNL, Revista Faces de Eva. Estudos sobre a Mulher.
(15)

A Obra de Protecção às Raparigas e a educação das criadas de servir, 1914-1945
António Ferreira de Sousa

O presente artigo tem por objecto de estudo uma associação Católica de mulheres, a Associação Católica Internacional das Obras de Protecção às Raparigas, no período entre 1914-1945. Filiando-se numa organização internacional, criada em 1896, procura-se determinar como se traduz a participação das mulheres no contexto de uma instituição com estas características. Até 1928, é uma instituição confinada a Lisboa e Sintra. O seu trabalho é o de acolher jovens desempregadas, em particular criadas de servir. Procura encontrar saídas profissionais para estas, quer pelo ensino de trabalhos domésticos quer através de uma agência de emprego, o Escritório de Colocações. A sua acção traduz-se na criação de uma Escola Profissional Doméstica e na propaganda ideológica e política em que a instituição se desdobra na defesa e mitificação da ruralidade, na apologia do “esposas, mães e educadoras”.

Palavras-chave: História das Mulheres, Obra de Protecção às Raparigas, criadas de servir; Maria Joana Mendes Leal; Estado Novo.

The subject of this paper is a Catholic women association, the Associação Católica Internacional das Obras de Protecção às Raparigas in the 1914-1945 period. This work aims to expose women’s participation in the context of such an institution, itself a branch of an international organization founded in 1896. The objectives of this institution were sheltering young migrant women and sustaining rural exodus. How this institution succeeded in these tasks is a subject that also deserves some attention on this paper. Until 1928, this institution’s ground of action is restricted to Lisbon and Sintra. Its aim is to shelter young unemployed women, particularly domestic servants. The institution tries to find jobs for these women, either by teaching them how to do the housework and several domestic activities or through a job agency, the Escritório de Colocações. The organization also raises the Escola Profissional Doméstica, as well because of the political and ideological propaganda of the establishment which glorifies rurality and makes the apology for the motto: “wives, mothers and educators”.

Keywords: Women’s History, Obra de Protecção às Raparigas, domestic servants, Maria Joana Mendes Leal, Estado Novo.

regressar



Página Principal | Quem Somos | Colóquios | Base de Dados | Novidades | Revista | Publicações | Dicionário | Arquivo | Contactos
Copyright Faces de Eva - Centro de Estudos sobre a Mulher - UNL | Desenvolvido por CITI - UNL