Acções do Documento

Tópicos de Cultura hipermoderna

Início: 10 de julho

Datas: 10 a 28 de julho | segundas, quartas e sextas-feiras das 18h00 às 21h30

Docente Responsável: Leonor Santa Bárbara

Docentes: Carlos Alberto Gomes

Áreas: Línguas, Literaturas e Culturas

 

 

 

Creditação para professores do Ensino Básico e Secundário

Formação geral e adequada: Professores do Grupo 410 do Ensino Secundário.

 

Objetivos

  • Distinguir Modernidade e pós-Modernidade a partir da compreensão do sentido filosófico-existencial do ‘hiper’ contemporâneo;
  • Compreender as relações dialécticas entre passado/presente/futuro, na hipermodernidade, a partir de autores projectivos que abordaram esta temática;
  • Entender a dinâmica hipermoderna, à luz de um novo humanismo.

 

Programa

1ª sessão

  • Apresentações. Objetivos. Programa do Curso. Introdução temática, referências bibliográficas e fórmulas de avaliação (voluntária).

2ª sessão

  • O carater projetivo de ‘A Decadência do Ocidente’, de Oswald Spengler. A Filosofia pessimista da cultura na Contemporaneidade.

3ª sessão

  • Modernidade e pós-Modernidade: Ortega y Gasset e a obra ‘A Rebelião das Massas’: a razão histórica e a categoria de ‘massificação’. Tierno Galván e a obra ‘Do espectáculo à trivialização’: as categorias ‘reducionismo’ e ‘trivialização’.

4ª sessão

  • Gilles Lipovetsky e a obra ‘Os Tempos hipermodernos’. O advento do sujeito neo-individualista e o discurso da hipermodernidade.

5ª sessão

  • A hipermodernidade na Europa e na América latina.

6ª sessão

  • Esclarecimento de dúvidas/questões, referentes aos relatórios.

7ª sessão

Apresentação de Relatórios individuais de avaliação dos formandos. Preenchimento de fichas de apreciação do curso.

 

Bibliografia

GALVÁN,Tierno – Desde el espectáculo a la trivialización, Editorial Tecnos S. A., Coleccion VentanaAbierta, Madrid, 1ª edición, 1987

GASSET, Ortega y – La Rebelión de las Masas, Espasa-Calpe, Selecciones Austral, Madrid, 5ª edición, 1984.

LIPOVETSKY, Gilles e Sebastien, Charles – Les Temps hypermodernes, Éditions Grasset & Fasquelle, Biblio Essais, Collection Livre de Poche, Paris, 2ème édition, 2008.

SPENGLER, Oswald – O Homem e a Técnica, Guimarães Editores, Colecção Filosofia & Ensaios, Lisboa, 1ª edição, 1990 (2ª edição, 1993).

___________________________________

Carlos Alberto Gomes é doutorado em Filosofia em 2012, pela NOVA FCSH na área da especialidade em Filosofia da Cultura. Investigador integrado desde 2014 no CHAM (Núcleo de Cultura, história e pensamento ibérico e ibero-americanos), da NOVA FCSH.

Interessado pela problemática da história das ideias contemporâneas, Carlos A. Gomes é um estudioso das questões relacionadas com a pós-Modernidade e o pensamento filosófico na Europa e na América latina, tendo já alguns trabalhos publicados em revistas internacionais.

É professor efetivo do ensino secundário na ESPN - Escola Secundária de Pedro Nunes (Lisboa), e formador pedagógico certificado (em Filosofia). Administra o website ‘Filosofia e Cultura luso-hispânica’, sendo também administrador e moderador no grupo online ‘Filosofia en América Latina’ (Costa Rica).

Topo da Página