foradelinha    Trabalhos variados Reportagens 07  
     Revista das cadeiras do atelier de jornalismo e cyberjornalismo da FCSH-UNL  EMAIL    
    secções  |  login  |   pesquisa  |  atelier jornalismo <  
 
     
      35º Aniversário da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas


 
  Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH), celebrou esta quinta-feira o 35º aniversário. A sessão solene contou com a presença do Reitor da Universidade Nova de Lisboa, Professor Doutor António Rendas; o Diretor da FSCH/Universidade Nova de Lisboa, que deu início à celebração, Professor Doutor João Costa bem como outros convidados.

Num contexto de crise e dificuldades financeiras, os motivos para celebrar parecem não existir. No entanto, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa, diversas são as razões para festejar. Uma instituição pública, líder nacional em colocações e médias nos cursos de Antropologia, Ciências da Comunicação, Ciência Política e Relações Internacionais e Tradução, bem como líder regional nos cursos de Estudos Portugueses, História da Arte, Línguas, etc., fazem desta faculdade, situada na capital de Portugal, líder em 10 das suas 14 licenciaturas, possuindo assim o estatuto de maior Escola de Ciências Sociais e Humanas do país.

Este ano celebra-se também o facto de os Departamentos e Unidades de Programas de Investigação se juntarem para apresentar propostas aos Programas de Doutoramento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FTC), nas áreas das ciências sociais e humanas foram submetidas 92 candidaturas, no entanto apenas 13 foram financiadas sendo que 4 estão na FCSH e uma delas é desenvolvida em parceria com a Faculdade de Ciências e Tecnologias. Foram angariadas assim cerca de 60 bolsas de doutoramento nas áreas da Antropologia, Estudos Artísticos, Globalização e Linguística para os próximos 4 anos.

Através da participação nestes programas de investigação, a Faculdade consegue um grande prestígio e reconhecimento no que diz respeito à qualidade da formação avançada. Mostram também que estes concursos não são apenas direcionados para as “ciências exatas”, sendo que é possível apresentar candidaturas nas áreas das ciências sociais e humanas e ganhá-las, exemplo disso é a investigadora do Centro Linguística da Universidade Nova de Lisboa (CLUNL), Carla Fernandes que recebeu uma bolsa Starting Grant do European Reserach Council no valor de um milhão e 400 mil euros.

Diversificar e internacionalizar os produtos de investigação sem descuidar os que são tradicionalmente reconhecidos na área, é um dos objectivos da Faculdade bem como o “desenvolvimento de projetos de empreendedorismo e de criação de valores de forma mais estruturada”, diz-nos João Costa. A criação de uma relação estável e coesa com o exterior começa na boa relação entre os indivíduos da faculdade. Todos estes motivos pela qual a FCSH celebra são ainda fruto da gestão dos últimos anos pelo que segundo o Diretor da FCSH/Universidade Nova de Lisboa existirão “mais oportunidades de fazer festa no futuro”. Neste dia, foram também premiados vários investigadores, empreendedores, trabalhadores que há 25 anos trabalham em prol do sucesso da faculdade e bem como os melhores estudantes de cada curso.

     
artigos relacionados:

     
Celine Braga
celine.cbraga@gmail.com